Menu
Busca sexta, 03 de abril de 2020
(67) 99647-9098
TJMS Topo
Esportes

Coronavírus: Olimpíada de Tóquio é adiada por até um ano

Após conversa por telefone entre Shinzo Abe, primeiro-ministro do Japão, e Thomas Back, do Comitê Olímpico Internacional, saiu a decisão

24 março 2020 - 10h52Priscilla Porangaba, com informações do Exame

Após reunião por telefone entre Shinzo Abe, primeiro-ministro do Japão, e Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), nesta terça-feira (24), foi decidido o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio em pelo menos um ano, devido ao surto mundial do coronavírus.

A entidade foi a última a mexer no calendário esportivo por causa do covid-19. Em comunicado oficial do COI, a nova data ainda não foi confirmada, mas deve ser no máximo até o verão de 2021.

"Nas atuais circunstâncias, e com base nas informações fornecidas hoje pela OMS, o Presidente do COI e o Primeiro Ministro do Japão concluíram que os Jogos da XXXII Olimpíada de Tóquio devem ser remarcados para uma data posterior a 2020, mas o mais tardar no verão de 2021, para proteger a saúde dos atletas, todos os envolvidos nos Jogos Olímpicos e na comunidade internacional."

O COI estava sendo pressionado por comitês nacionais e pelos competidores de todas as modalidades desde que a Organização Mundial de Saúde (OMS) decretou pandemia mundial, no dia 11 de março. 

Com o confinamento em casa e o fechamento das áreas de treino no mundo, os atletas estavam impedidos de seguir conforme o planejamento a preparação para os Jogos. Além disso, todas as competições preparatórias e classificatórias para Tóquio foram canceladas. 

A chama olímpica está no Japão, já que o revezamento começaria na próxima quinta-feira. O COI e o Comitê Organizador decidiram que o fogo dos Jogos seguirá no país sede. 

Todos os locais onde devem acontecer os Jogos já estão prontos e tiveram evento teste. O único que não testado foi o Parque Aquático, que teve inauguração adiado por causa do coronavírus. 

Essa é a primeira vez desde 1896 que os Jogos são adiados. A principal competição esportiva do mundo já foi cancelada três vezes por causa das duas Guerras Mundiais: 1916 seria em Berlim, na Alemanha; 1940 aconteceria em Tóquio, no Japão; e em 1944, em Londres, no Grã Bretanha. 

Também participaram da teleconferência Mori Yoshiro, presidente do Comitê Organizador de Tóquio 2020; o ministro olímpico, Hashimoto Seiko; o governador de Tóquio, Koike Yuriko; o presidente da Comissão de Coordenação do COI, John Coates; Diretor Geral do COI, Christophe De Kepper; e o diretor executivo dos Jogos Olímpicos do COI, Christophe Dubi.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Estrelas do futebol leiloam camisas na luta contra coronavírus
Esportes
Olimpíada de Tóquio é remarcada para julho de 2021
Esportes
Jorge Jesus chega a Portugal e se irrita com jornalistas
Esportes
Presidente do Grêmio Romildo Bolzan testa positivo para coronavírus
Esportes
Em nota, COB defende Jogos Olímpicos em 2021
Esportes
Coronavírus: Campeonato internacional de vôlei é adiado na capital
Esportes
O “Cowboy de Aço” fatura medalha de ouro em competição nacional
Esportes
Sul-Mato-Grossense terá Comerário nas quartas de final
Esportes
Copa Assomasul tem sequência neste fim de semana
Esportes
Corrida “Ninguém Segura essa Mulher” acontece neste sábado

Mais Lidas

Política
Vídeo - Alcolumbre se diz curado do coronavírus e apoia isolamento
Cidade
Coronavírus - Detran alerta a importância de higienizar veículos
Saúde
MPT define medidas sanitárias para o transporte coletivo urbano
Geral
Isolamento social no MS é monitorado por sistema inteligente