Menu
Busca quinta, 21 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS outubro21
Esportes

Diogo Silva ganha bonequinho de rival, vence na estreia e vai às quartas

09 agosto 2012 - 10h45Agência AFP

Diogo Silva foi o último a entrar no tatame, ganhou um boneco Matrioshka do adversário e deu a ele um presente de grego. Venceu Dmitriy Kim, do Uzbequistão, no golden score (dois minutos de morte súbita), após empate em 2 a 2 no tempo regulamentar, na sua estreia pela categoria até 68kg no taekwondo dos Jogos Olímpicos de Londres. Quarto colocado em Atenas 2004 e fora de Pequim 2008, o paulista agora encara nas quartas de final o terceiro cabeça de chave, Mohammad Abulibdeh, da Jordânia, por um lugar na semifinal. O duelo acontece às 11h15m (horário de MS).

Presentear adversários é frequente entre atletas de países que passaram por conflitos. Depois da derrota, porém, Dmitry não quis saber de papo. Foi embora sem dar entrevistas, chateado.

- Para ele é um orgulho estar nos Jogos Olímpicos. Normalmente eles presenteiam os adversários, por questão de representação do país - conta Diogo.

Depois da reverência, Diogo atacou pouco no primeiro round. Estudou bastante, controlou a distância e, quando chutou, foi bloqueado pela defesa do uzbeque. O primeiro período terminou empatado em 0 a 0.

O paulista começou a se soltar no segundo round. Tentou um chute na cabeça que quase conectou, e enfim conseguiu seu primeiro ponto num contragolpe. Porém, por estar andando para trás e para fora da área de luta, recebeu também um kyongo (punição de meio ponto). Durante o round, levou seu segundo kyongo e Kim empatou. No final, o uzbeque acertou o colete mais uma vez e virou para 2 a 1.

Em desvantagem, Diogo partiu para cima no terceiro round. Kim acabou punido por passividade com um kyongo e, pouco depois, o brasileiro acertou o colete para pontuar novamente e empatar em 2 a 2. O tempo se esgotou e a luta foi para o golden score.

O paulista não teve medo e atacou. Ele acertou duas vezes na guarda e foi bloqueado uma terceira vez. Quando Kim enfim partiu para cima, Diogo acertou um belo chute rodado para se classificar às quartas de final.

- Tinha traçado uma estratégia de sair vencendo porque ele não é muito bom no ataque, ele é mais de contra-ataque. Dei azar de levar duas faltas, mas minhas lutas são sempre assim, com adrenalina a mil. Tenho psicológico legal para enfrentar isso. Sabia que ele ia vir na minha barriga no golden score. Arrisquei. Muitos atletas não têm frieza para fazer isso - disse o brasileiro, que bateu continência após a vitória - se alistou no Exército e foi campeão mundial militar no ano passado.

Diogo e Abulibdeh já se enfrentaram no Pré-Olímpico Mundial de 2007 e o brasileiro levou a melhor, também no golden score.

- Ele está no mesmo nível que todos nós aqui e vamos tentar impor nossa estratégia. Naquela primeira luta (com Abuilbdeh), não estava bem, não estava focado, tinha acabado de vencer o Pan, e agora estou bem melhor - disse o atleta sobre seu próximo adversário, em entrevista ao SporTV.

Via G1

Unica - primavera

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
“É fundamental para inspirar outros jovens”, diz Yeltsin sobre MS Mais Esporte
Esportes
Programa MS + Esporte será lançado nesta terça-feira, na Capital
Esportes
Inscrições para 1º CG Open de Beach Tênis vão até 3 de novembro
Esportes
Fifa discute possibilidade de Copa do Mundo bienal
Esportes
Paratleta de MS conquista ouro em disputa nacional em Brasília
Esportes
Eliminatórias: Brasil goleia Uruguai com brilho de Neymar e Raphinha
Esportes
Governo de MS anuncia investimento de mais de R$ 120 milhões no esporte
Esportes
Corinthians recebe Fluminense na 26ª rodada do Brasileiro
Esportes
Torcedores invadem CT e gravam Gabigol tomando banho com companheiro de Seleção
Esportes
Atletas de MS faturam 18 medalhas na Copa Regional de Taekwondo

Mais Lidas

Geral
Para não cuidar de idoso, família procura filhos do primeiro casamento em MS
Polícia
Motorista de transporte escolar é preso por estuprar menina de 12 anos dentro do ônibus
Brasil
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
Geral
Mulher manda currículo para asilo e é ofendida por erros de português