Menu
Busca segunda, 10 de maio de 2021
(67) 99647-9098
Gov_MS-Cresce_Maio21
Esportes

Em ascensão, técnico Guto Ferreira comanda reação da Portuguesa

24 setembro 2013 - 11h14Via Terra
Ameaçada pelo rebaixamento no Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta fez uma campanha de destaque na primeira fase do Campeonato Paulista, caindo nas quartas de final. Por outro lado, a Portuguesa conquistou o título da Série A2 do Paulista e começa esboçar uma reação para fugir da degola no Brasileiro. Em comum, a Ponte do Campeonato Paulista e a Portuguesa do Campeonato Brasileiro têm um nome: Guto Ferreira, o técnico que deixou Campinas com a tarefa de evitar a volta à Série B no Estádio do Canindé.

A missão de Guto em São Paulo não tem sido fácil. Foram 15 rodadas na zona de rebaixamento, até que a Portuguesa vencesse o Náutico no Canindé por 3 a 0 na 22ª rodada e respirasse acima das quatro últimas posições. Na partida seguinte, o time foi a Novo Hamburgo (RS) e venceu o Internacional por 1 a 0, conquistando a primeira vitória fora de casa no Campeonato Brasileiro e ganhando mais alguma margem para evitar sufoco na Série A.

O começo não foi simples, mas a Portuguesa reagiu. Nos últimos seis jogos que fez no Canindé, foram cinco vitórias. Faltava vencer como visitante, mas a equipe encerrou este tabu ao derrotar o Inter no fim de semana. Agora, para Guto, a ideia é dar o segundo passo como visitante, repetindo a estratégia do Canindé: manter o ritmo forte do primeiro tempo também após o intervalo, quando a equipe rubro-verde tem sucumbido – foi assim, diante de times como Coritiba e Grêmio, em jogos nos quais a equipe perdeu pontos no fim.

“Se a gente conseguir produzir isso, e continuar jogando o que nós temos jogando dentro de casa, nós vamos ter um campeonato em alta, em uma crescente a partir de agora”, contou Guto ao site Terra, tentando consolidar sua evolução em 2012 para se firmar no mercado de grandes técnicos do Brasil. “Acho que é um ano também crescente, de projeção, de quem busca mostrar um serviço”, completou.

Com duas boas campanhas em 2013, na Ponte Preta e na Portuguesa, e contrato com a equipe do Canindé até o final do Campeonato Paulista, Guto Ferreira faz mistérios sobre seu destino em 2014. “O futuro a Deus pertence”, disse o treinador, que acumula passagens por Internacional, Criciúma, ABC, Mogi Mirim, Noroeste e Inter de Limeira, entre outros clubes.
Girafa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Morre o jornalista esportivo Fernando Caetano, ex-Fox Sports e ESPN
Esportes
Em busca da Champions League, Neymar renova contrato com o PSG até 2025
Esportes
AGORA É LEI: Atividade física é serviço essencial em MS
Esportes
Times brasileiros voltam a campo nesta quarta pela Libertadores e Sul-americana
Esportes
Atual campeão da Libertadores, Palmeiras recebe Del Valle pela 2ª rodada da competição
Esportes
Pista de skate improvisada por garotos do Aero Rancho é destruída
Esportes
Aos 16 anos, ciclista Chapadense assina contrato com Portugal
Esportes
Sorteio define grupos das seleções masculina e feminina de futebol na Olimpíada
Esportes
Vídeo: polícia usa bala de borracha durante confusão no Campeonato Sul-Mato-Grossense
Esportes
Após quase 5 anos, Renato Gaúcho deixa o comando do Grêmio

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio