Menu
Busca quarta, 21 de agosto de 2019
(67) 99647-9098
Esportes

Goleiro campo-grandense de 12 anos de idade inicia hoje treino no Santos

02 fevereiro 2012 - 10h18Reprodução

O goleiro campo-grandense Carlos Alberto dos Santos Júnior, de apenas 12 anos de idade, é um dos novos membros das categorias de base do Santos Futebol Clube. Com 1,86 metro de altura, o adolescente foi revelado há um ano na escola de futebol Meninos da Vila - Pantanal. Ele é o terceiro atleta do estado que sai da escolinha para o clube santista.

De acordo com Bruno Nóbrega, Carlos Alberto sempre quis ser goleiro, treinando regularmente duas vezes por semana e aos sábados com treinamento especializado. O menino era titular do sub-13 da Meninos da Vila.

Carlos foi selecionado por Betinho e Lima, mesmos olheiros que descobriram Robinho e Neymar. O goleiro campo-grandense está morando em Santos e deve começar os treinamentos no sub-13 do Peixe a partir desta quinta-feira (2).

Atualmente, a escola de futebol Meninos da Vila – Pantanal conta com 400 atletas em Campo Grande e Dourados. O telefone da escolinha é 3384-4921.

Prefeitura - Niver CG

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Campo Grande verá estreia do Corinthians no Sertões
Esportes
Sertões desembarca em Campo Grande para festa com Bruninho e Davi
Esportes
Tite anuncia seleção que disputará amistosos de setembro
Educação
Prefeitura divulga classificação de processo seletivo para atuação na Reme
Esportes
Ceni é oficialmente apresentado no Cruzeiro
Esportes
Camilo e Rubinho vencem em Campo Grande
Esportes
Julio Campos larga na 1ª fila na 6ª etapa da Stock Car em Campo Grande
Esportes
Brasil conquista 50 medalhas de ouro no Pan-Americano
Esportes
Corinthians enfrenta Internacional na manhã deste domingo
Esportes
Atlético-MG enfrenta Fluminense neste sábado

Mais Lidas

Polícia
Rapaz de 18 anos é preso após dormir com namorada de 11 anos
Geral
Servidor público comete suicídio com cinto
Brasil
Vídeo mostra momento em que sequestrador é executado pelo BOPE
Polícia
Antes de suicídio, PM desabafa em carta de despedida