Menu
Busca domingo, 20 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Aguas - super banner
Esportes

Neymar chega à quinta expulsão da carreira mantendo sina de reclamar e fazer Santos sofrer

18 fevereiro 2013 - 09h43Reprodução/SporTV

Na derrota do Santos por 3 a 1 para a Ponte Preta, Neymar foi expulso pela quinta vez em sua carreira. E, em todas elas, o astro santista deixou o campo se achando injustiçado pela arbitragem. Não foi diferente no revés do último domingo, quando o camisa 11 reclamou muito ao levar o cartão vermelho no fim do primeiro tempo do duelo, em Campinas.

Outra curiosidade envolvendo as expulsões de Neymar é que o Santos não costuma ter sucesso nas partidas em que o atacante vai mais cedo para o chuveiro. Contra a Ponte, o alvinegro perdeu o seu terceiro jogo nessas condições. Nos dias em que o craque tomou o vermelho, o time ainda empatou uma vez e venceu só um jogo, tendo assim um aproveitamento de apenas 26% dos pontos.

Diante da Ponte Preta, o craque santista foi expulso, pelo árbitro Luiz Flávio de Oliveira, após uma discussão com o lateral direito ponte-pretano Artur. Após disputa de bola, o ala deu um tapa no craque santista, que não gostou e usou os braços ao discutir com o ponte-pretano. O zagueiro Cleber chegou a empurrar Neymar durante a discussão, mas ele não foi punido.

"Nem eu sei o que aconteceu. Numa disputa de bola, eu acabei apanhando e fui expulso. Só estão errando no momento errado", reclamou Neymar. "Nem eu e nem o Artur tínhamos que ser expulso. O futebol está ficando chato demais. Para quem está jogando, quem está assistindo e quem está transmitindo", acrescentou ele.

As outras expulsões de Neymar pelo Santos foram divididas em três temporadas. Na primeira delas, em 2010, aconteceu num clássico no qual o Santos perdeu por 4 a 3 para o Palmeiras, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Paulista. No fim da partida, o jovem deu uma entrada dura no volante Pierre e o árbitro Antônio Rogério do Prado o expulsou. Na súmula, o juiz inclusive relatou que Neymar o ofendeu após a jogada. Isso irritou ainda mais o jogador.

Em 2011, a estrela santista acumulou o seu maior número de expulsões em uma temporada. Foram duas: uma no Libertadores e outra no Campeonato Brasileiro. A da competição continental foi a mais polêmica. Neymar tomou o cartão vermelho após marcar um golaço no triunfo por 3 a 2 sobre o Colo-Colo, na Vila Belmiro. Ao comemorar o tento, contra os chilenos, o jogador usou uma máscara que reproduzia o seu rosto e recebeu o segundo cartão amarelo do árbitro uruguaio Roberto Silvera. O detalhe é que Neymar pegou o material com torcedores de um dos camarotes da Vila. Ele reclamou energicamente ao deixar o gramado.

A segunda expulsão de 2011 - e terceira da carreira - foi a que mais fez o melhor jogador em atividade no Brasil sofrer. Nos 2 a 1 do Atlético-MG sobre o Santos, no Brasileirão de dois anos atrás, em Sete Lagoas, Neymar bateu boca com o árbitro Wilton Sampaio e recebeu os cartões amarelo e vermelho numa tacada só. Muito irritado, o atleta cantou "parabéns" ao juiz e não conseguiu segurar o choro ao ter que abandonar o jogo.

O quarto vermelho de Neymar foi no empate por 1 a 1 com o Grêmio, no Brasileirão do ano passado, no Olímpico, em Porto Alegre. Após uma dividida de bola com o lateral direito Pará, o camisa 11 foi derrubado no gramado. E, ao levantar, ele acabou pisando no seu ex-companheiro de Santos. O árbitro Nielson Nogueira Dias, que estava a dois metros da jogada, parou o lance e mostrou diretamente o cartão vermelho ao santista, deixando ele muito nervoso.

Técnico do Santos desde abril de 2011, Muricy Ramalho, que assumiu o time alguns dias depois da expulsão de Neymar contra o Colo-Colo, não condenou o árbitro Luiz Flávio de Oliveira por ter expulsado o craque contra a Ponte. Mas ele já pediu que o seu principal jogador pare de cair no jogo dos adversários.

"Ele precisa se acostumar que o jogo é duro contra ele. Quando o cara coloca a mão nele, ele precisa sair de perto", afirmou Muricy. "Sem o Neymar, nós perdemos a nossa principal jogada, que é a velocidade dele. Ele ser expulso nos prejudica muito", completou o treinador.

Site da Ponta ironiza e diz para Neymar ver a namorada no Faustão
Neymar e Bruna Marquezine viraram alvos de brincadeiras da Ponte. Pouco depois de assumirem a relação, já começaram as piadas no meio dos boleiros com o jogador.

Foi o que aconteceu neste domingo. Neymar atuava no jogo contra a Ponte Preta, e Marquezine participava do Faustão. Foi o bastante para o site da Ponte Preta aproveitar para ironizar o jogador. Quando ele foi expulso de campo, os campineiros aproveitaram para brincar no relato do jogo no website do clube.

“Neymar vai poder ficar no vestiário acompanhando a namorada Bruna Marquezine no Domingão do Faustão”, dizia um post do site ponte-pretano.

Via Uol

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Com uma novidade de Tite em convocação para início das Eliminatórias
Esportes
Em emendas parlamentares, esporte de MS recebe R$ 1,64 milhão
Esportes
Vídeo: Corinthians é recebido com protesto pela torcida no aeroporto
Esportes
Vídeo - Neymar é expulso por dar tapa em jogador que o chamou de "macaco"
Esportes
Projeto Amigos do Parque volta neste final de semana
Esportes
Moreninha lll ganhará pista de skate e quadra de areia
Esportes
Messi se reapresenta ao Barcelona após tentativa frustrada de saída
Esportes
São Paulo e Fluminense se enfrentam pelo Brasileirão neste domingo
Esportes
Brasileirão deste sábado tem Flamengo, Corinthians e Santos
Esportes
Goleiros titular e reserva do Flamengo testam positivo para covid

Mais Lidas

Geral
MS aumenta rigor e autuações contra queimadas já superam ano de 2019
Polícia
Queda de árvore queimada em rodovia causa acidente que deixa 12 mortos
Clima
Chuva foi pequena, mas ocorreu em 21 municípios de MS
Vídeos
AO VIVO: Acompanhe a 1ª Parada online da Cidadania e do Orgulho LGBTQIA+/MS