Menu
Busca terça, 02 de março de 2021
(67) 99647-9098
Governo - campanha estado que cresce - Topo
Esportes

Neymar chega à quinta expulsão da carreira mantendo sina de reclamar e fazer Santos sofrer

18 fevereiro 2013 - 09h43Reprodução/SporTV

Na derrota do Santos por 3 a 1 para a Ponte Preta, Neymar foi expulso pela quinta vez em sua carreira. E, em todas elas, o astro santista deixou o campo se achando injustiçado pela arbitragem. Não foi diferente no revés do último domingo, quando o camisa 11 reclamou muito ao levar o cartão vermelho no fim do primeiro tempo do duelo, em Campinas.

Outra curiosidade envolvendo as expulsões de Neymar é que o Santos não costuma ter sucesso nas partidas em que o atacante vai mais cedo para o chuveiro. Contra a Ponte, o alvinegro perdeu o seu terceiro jogo nessas condições. Nos dias em que o craque tomou o vermelho, o time ainda empatou uma vez e venceu só um jogo, tendo assim um aproveitamento de apenas 26% dos pontos.

Diante da Ponte Preta, o craque santista foi expulso, pelo árbitro Luiz Flávio de Oliveira, após uma discussão com o lateral direito ponte-pretano Artur. Após disputa de bola, o ala deu um tapa no craque santista, que não gostou e usou os braços ao discutir com o ponte-pretano. O zagueiro Cleber chegou a empurrar Neymar durante a discussão, mas ele não foi punido.

"Nem eu sei o que aconteceu. Numa disputa de bola, eu acabei apanhando e fui expulso. Só estão errando no momento errado", reclamou Neymar. "Nem eu e nem o Artur tínhamos que ser expulso. O futebol está ficando chato demais. Para quem está jogando, quem está assistindo e quem está transmitindo", acrescentou ele.

As outras expulsões de Neymar pelo Santos foram divididas em três temporadas. Na primeira delas, em 2010, aconteceu num clássico no qual o Santos perdeu por 4 a 3 para o Palmeiras, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Paulista. No fim da partida, o jovem deu uma entrada dura no volante Pierre e o árbitro Antônio Rogério do Prado o expulsou. Na súmula, o juiz inclusive relatou que Neymar o ofendeu após a jogada. Isso irritou ainda mais o jogador.

Em 2011, a estrela santista acumulou o seu maior número de expulsões em uma temporada. Foram duas: uma no Libertadores e outra no Campeonato Brasileiro. A da competição continental foi a mais polêmica. Neymar tomou o cartão vermelho após marcar um golaço no triunfo por 3 a 2 sobre o Colo-Colo, na Vila Belmiro. Ao comemorar o tento, contra os chilenos, o jogador usou uma máscara que reproduzia o seu rosto e recebeu o segundo cartão amarelo do árbitro uruguaio Roberto Silvera. O detalhe é que Neymar pegou o material com torcedores de um dos camarotes da Vila. Ele reclamou energicamente ao deixar o gramado.

A segunda expulsão de 2011 - e terceira da carreira - foi a que mais fez o melhor jogador em atividade no Brasil sofrer. Nos 2 a 1 do Atlético-MG sobre o Santos, no Brasileirão de dois anos atrás, em Sete Lagoas, Neymar bateu boca com o árbitro Wilton Sampaio e recebeu os cartões amarelo e vermelho numa tacada só. Muito irritado, o atleta cantou "parabéns" ao juiz e não conseguiu segurar o choro ao ter que abandonar o jogo.

O quarto vermelho de Neymar foi no empate por 1 a 1 com o Grêmio, no Brasileirão do ano passado, no Olímpico, em Porto Alegre. Após uma dividida de bola com o lateral direito Pará, o camisa 11 foi derrubado no gramado. E, ao levantar, ele acabou pisando no seu ex-companheiro de Santos. O árbitro Nielson Nogueira Dias, que estava a dois metros da jogada, parou o lance e mostrou diretamente o cartão vermelho ao santista, deixando ele muito nervoso.

Técnico do Santos desde abril de 2011, Muricy Ramalho, que assumiu o time alguns dias depois da expulsão de Neymar contra o Colo-Colo, não condenou o árbitro Luiz Flávio de Oliveira por ter expulsado o craque contra a Ponte. Mas ele já pediu que o seu principal jogador pare de cair no jogo dos adversários.

"Ele precisa se acostumar que o jogo é duro contra ele. Quando o cara coloca a mão nele, ele precisa sair de perto", afirmou Muricy. "Sem o Neymar, nós perdemos a nossa principal jogada, que é a velocidade dele. Ele ser expulso nos prejudica muito", completou o treinador.

Site da Ponta ironiza e diz para Neymar ver a namorada no Faustão
Neymar e Bruna Marquezine viraram alvos de brincadeiras da Ponte. Pouco depois de assumirem a relação, já começaram as piadas no meio dos boleiros com o jogador.

Foi o que aconteceu neste domingo. Neymar atuava no jogo contra a Ponte Preta, e Marquezine participava do Faustão. Foi o bastante para o site da Ponte Preta aproveitar para ironizar o jogador. Quando ele foi expulso de campo, os campineiros aproveitaram para brincar no relato do jogo no website do clube.

“Neymar vai poder ficar no vestiário acompanhando a namorada Bruna Marquezine no Domingão do Faustão”, dizia um post do site ponte-pretano.

Via Uol

Peniel - amigos da pizza

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Grêmio e Palmeiras começam a decidir Copa do Brasil neste domingo
Esportes
Horário do jogo decisivo entre Palmeiras e Grêmio pela Copa do Brasil é alterado pela CBF
Esportes
Colorados seguem reclamando de arbitragem em jogo contra o Flamengo
Esportes
Flamengo vence o Inter e assume a liderança a uma rodada do fim do Brasileirão
Esportes
Covid: Aos 71 anos, morre mãe de Ronaldinho Gaúcho
Esportes
São Paulo e Palmeiras duelam em jogo atrasado nesta sexta
Esportes
Santos e Corinthians se enfrentam nesta quarta
Esportes
Dois jogos encerram hoje a 36ª rodada do Brasileirão
Esportes
Flamengo enfrenta Corinthians no Maracanã em busca da ponta da tabela
Esportes
Três jogos abrem neste sábado a 36ª rodada do Brasileirão

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio