Menu
Busca sábado, 20 de abril de 2019
(67) 99647-9098
Esportes

Segurança é aumentada para a final da Libertadores em Madri

River e Boca se enfrentam às 17h30 no Santiago Bernabéu

09 dezembro 2018 - 13h04Com informações da Agência EFE

River Plate e Boca Juniors se enfrentam neste domingo (9), às 16h30 (de Mato Grosso do Sul), no estádio Santiago Bernabéu, em Madri. É a primeira vez que a Taça Libertadores terá jogo disputado em território europeu. A medida foi adotada pela Comenbol, por questão de segurança, depois que o ônibus com os atletas do Boca foi apedrejado por torcedores do River há 15 dias.

Após a violência ocorrida antes da patida final da Libertadotres, em Buenos Aires, o governo espanhol disponibilizou cerca de 4 mil policiais entre agentes públicos e privados. Em Madri, na véspera do jogo deste domingo, torcedores do Boca e River escolheram locais distintos para se reunir a fim de assistir à partida de logo mais.

A diretoria do River tentou evitar a transferência do jogo para a capital esánhola, alegando que se a decisão fosse no Monumental, na capital argentina, as arquibancadas estariam ocupadas apenas por seus torcedores, como ocorreu no primeiro jogo da final na Bombonera. Segundo eles, com a mudança para Madri, as duas torcidas vão dividirão as arquibancadas do Bernabéu. Para os diretores, a presença da torcida do Boca é uma vantagem concedida ao clube adversário.

Já os drietores do Boca chegaram a sinalizar que a sua equipe não disputaria a final em Madri. Eles reivindicavam que o arquirrival fosse desclassificado como punição pela violência contra seus jogadores. O técnico Guillermo Barros Schelotto, por exemplo, fez discurso duro contra o episódio que gerou a decisão do torneio para um país europeu.

A expectativa é que o Boca entre em campo com a formação anterior, com Sebastián Villa e Ramón Ábila no setor ofensivo.

Prováveis escalações:

River Plate: Armani; Montiel, Martínez Cuarta, Maidana, Pinola e Casco; Palacios, Ponzio, Pérez e Pity Martínez; Pratto. Técnico: Marcelo Gallardo.

Boca Juniors: Andrada; Jara, Izquierdoz, Magallán e Olaza; Nández, Barrios e Pérez; Villa, Pavón e Ábila. Técnico: Guillermo Barros Schelotto.

Árbitro da partida: Andrés Cunha (Uruguai), auxiliado pelos compatriotas Nicolás Tarán e Mauricio Espinosa.

pmcg - prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Taekwondo do MS tenta vaga para mundial da Hungria no DF
Esportes
Durante discurso, prefeito de Aquidauana menospreza Águia Negra
Esportes
Definidos os jogos da quarta fase da Copa do Brasil
Esportes
Final inédita entre Águia Negra e Aquidauanense agita o interior
Esportes
Corinthians ameaça não entrar em campo se ônibus for alvejado no Morumbi
Esportes
Veja - Diversas atividades esportivas estão disponíveis no Sesc
Esportes
Palmeiras entra em campo pressionado após eliminação para rival
Esportes
Terra garantiu que parques estarão em perfeitas condições até 2020
Esportes
Reinaldo e Marquinhos lançam Copa de Futebol Amador
Esportes
Chuva castiga o Rio, e CBF adia jogo da Copa pela Brasil

Mais Lidas

Polícia
Corpo de mulher é encontrado amarrado em árvore às margens da BR-262
Geral
“Em tempos de crise a solução é inovar”, diz empresária
Cidade
Morre no Rio, aos 40 anos, MC Sapão
Polícia
Jovem tem bicicleta furtada em estacionamento de supermercado