Menu
Busca sexta, 18 de outubro de 2019
(67) 99647-9098
Esportes

Segurança é aumentada para a final da Libertadores em Madri

River e Boca se enfrentam às 17h30 no Santiago Bernabéu

09 dezembro 2018 - 13h04Com informações da Agência EFE

River Plate e Boca Juniors se enfrentam neste domingo (9), às 16h30 (de Mato Grosso do Sul), no estádio Santiago Bernabéu, em Madri. É a primeira vez que a Taça Libertadores terá jogo disputado em território europeu. A medida foi adotada pela Comenbol, por questão de segurança, depois que o ônibus com os atletas do Boca foi apedrejado por torcedores do River há 15 dias.

Após a violência ocorrida antes da patida final da Libertadotres, em Buenos Aires, o governo espanhol disponibilizou cerca de 4 mil policiais entre agentes públicos e privados. Em Madri, na véspera do jogo deste domingo, torcedores do Boca e River escolheram locais distintos para se reunir a fim de assistir à partida de logo mais.

A diretoria do River tentou evitar a transferência do jogo para a capital esánhola, alegando que se a decisão fosse no Monumental, na capital argentina, as arquibancadas estariam ocupadas apenas por seus torcedores, como ocorreu no primeiro jogo da final na Bombonera. Segundo eles, com a mudança para Madri, as duas torcidas vão dividirão as arquibancadas do Bernabéu. Para os diretores, a presença da torcida do Boca é uma vantagem concedida ao clube adversário.

Já os drietores do Boca chegaram a sinalizar que a sua equipe não disputaria a final em Madri. Eles reivindicavam que o arquirrival fosse desclassificado como punição pela violência contra seus jogadores. O técnico Guillermo Barros Schelotto, por exemplo, fez discurso duro contra o episódio que gerou a decisão do torneio para um país europeu.

A expectativa é que o Boca entre em campo com a formação anterior, com Sebastián Villa e Ramón Ábila no setor ofensivo.

Prováveis escalações:

River Plate: Armani; Montiel, Martínez Cuarta, Maidana, Pinola e Casco; Palacios, Ponzio, Pérez e Pity Martínez; Pratto. Técnico: Marcelo Gallardo.

Boca Juniors: Andrada; Jara, Izquierdoz, Magallán e Olaza; Nández, Barrios e Pérez; Villa, Pavón e Ábila. Técnico: Guillermo Barros Schelotto.

Árbitro da partida: Andrés Cunha (Uruguai), auxiliado pelos compatriotas Nicolás Tarán e Mauricio Espinosa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Brazil Open Championship terá representantes de Taekwondo do MS
Esportes
Vascaínos são espancados por flamenguistas em posto
Esportes
A 26ª rodada do Brasileirão encerra nesta quinta-feira com três jogos
Esportes
Meninas do vôlei de MS conquistam 3º lugar no Brasileiro de Seleções
Esportes
"Sou alvo predileto", Neymar diz que teve frase mal interpretada
Esportes
Corumbá recebe 2ª etapa do Circuito Municipal de Mountain Bike neste domingo
Esportes
Após empate com Senegal, seleção enfrenta Nigéria no domingo
Esportes
Brasileirão tem três partidas na rodada deste sábado
Esportes
F1 cancela atividades de sábado devido à chegada de supertufão
Esportes
Brasileirão tem clássico paulista e "duelo dos desesperados" nesta quarta

Mais Lidas

Polícia
Assalto em aeroporto leva pânico a passageiros e deixa dois seguranças baleados
Geral
Condutora bate carro no muro do Detran em exame para tirar a CNH
Justiça
Name já driblou a Justiça alegando problemas de saúde
Brasil
Vídeo - Câmeras mostram funcionário quebrando coluna de prédio antes de desabar