Menu
Busca terça, 22 de junho de 2021
(67) 99647-9098
Senar - junho21
Geral

Desentendimento motivou assassinato de pintor

O suspeito de ter cometido o crime já foi identificado e está foragido

18 janeiro 2019 - 16h16Da Redação

Um desentendimento com um parente do autor do assassinato de do pintor, Jadilson dos Santos Pereira, 35 anos, foi o que teria motivado o crime. A polícia já identificou o suspeito que se trata de um pedreiro de 26 anos, a identidade dele foi preservada para não atrapalhar as buscas.

De acordo com o site JP News, tanto a vítima como o suspeito são conhecidos da polícia. Informações apontam que Jadilson teria se desentendido com um parente do suspeito que resolveu tirar satisfações. O assassino então invadiu o apartamento da vítima e disparou cinco vezes contra Jadilson. O autor fugiu em seguida. A vítima morreu na hora.

A vítima era suspeita de tentativa de homicídio no mesmo residêncial em que foi morto, o crime aconteceu em junho do ano passado e também tinha passagem por porte e consumo de drogas.

O suspeito tem passagem por drogas e furto, quando adolescente. Ele está foragido.

Vai di Vinho

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Procon-MS registra alto número de denúncias de consignados irregulares
Geral
Para evitar fraudes, bomba de combustível terá assinatura digital
Geral
Unigran realiza congresso científico
Geral
IPEMS chega aos 30 anos de mercado
Geral
Terça é dia de D2 da Coronavac e Astrazeneca; veja as datas
Geral
Orçamento de 2022 será votado nesta terça
Geral
Foi convocado? Agehab divulga lista de beneficiários para ocupação de imóveis
Geral
Morta pelo marido, Lindinalva era professora e deixa dois filhos
Geral
Para roubar dados em prefeituras, golpistas usam nome do deputado Dagoberto Nogueira
Geral
Prefeitura garante selo do SIM a produtos e empresas

Mais Lidas

Geral
Foi convocado? Agehab divulga lista de beneficiários para ocupação de imóveis
Polícia
Menina de 11 anos era estuprada pelo pai no trajeto da igreja
Polícia
Bandido morre após tentar assaltar policial
Geral
Morta pelo marido, Lindinalva era professora e deixa dois filhos