Menu
Menu
Busca sexta, 01 de março de 2024
Geral

'Desespero. Perdi tudo que tinha', moradores lamentam incêndio no Mandela

Ao JD1, vereador Carlão classificou esse como sendo o 'maior incêndio em favela' de Campo Grande

16 novembro 2023 - 17h39Brenda Assis e Caroliny Martins    atualizado em 16/11/2023 às 18h09

Dos 187 barracos da Comunidade do Mandela, aproximadamente a metade deles pegou fogo durante um grande incêndio que aconteceu no local durante o final da manhã desta quinta-feira (16). O local fica localizado na região Norte de Campo Grande.

Famílias perderem o pouco que tinham debaixo dos amontoados de madeira e lona. A informação foi confirmada pela presidente da favela, Greiciele Nayara Algilar.

A jovem Rafaela de Amorim Almeida, contou ao JD1 que morava sozinha em um barraco com uma criança de 3 anos. Na hora do fogo, ela conseguiu pegar apenas algumas mudas de roupa. “Perdi tudo que tinha. Senti desespero, saímos correndo e só pensei em tirar o botijão. Pra hoje precisamos de comida e água, de maneira urgente”.

Presente no local após a tragédia, o presidente da Câmara dos Vereadores de Campo Grande, vereador Carlão, comentou com a reportagem do JD1 que esse foi o pior incêndio em uma área de favela da Capital. Ele é atuante na causa desde 1983.

“Já tivemos incêndios pequenos, onde 30 ou 40 famílias foram atingidas. Mas esse foi um incêndio três vezes maior. Tivemos um atraso da Defesa Civil, alguma dificuldade, mas a prefeita [Adriane Lopes] já esteve aqui para a gente achar uma solução e resolver o problema de hoje. Onde essas pessoas vão se alimentar, onde vão dormir”, comentou Carlão.

Ainda segundo o vereador, alguns moradores irão dormir no entorno da comunidade para cuidar dos bens materiais que conseguiram salvar do fogo. Por conta disso, para eles serão doadas lonas para que seja feito um novo barraco provisório.

Para quem perdeu tudo no incêndio, uma das opções de abrigo está sendo o CRAS Estrela do Sul, o campo vazio aos fundos da favela com abrigos temporários ou na Escola Municipal conhecida como Cané, próxima à Escola Municipal Professora Elenir Zanqueta Molina.

Conforme o Tenente Alencar, do Corpo de Bombeiros, foram usados 40 mil litros d’água para apagar as chamas. As equipes ainda trabalham no local, fazendo o rescaldo (finalização). Algumas pessoas acabaram passando mal, por conta da fumaça, mas todas foram socorridas e encaminhadas para uma unidade de saúde.

 

 

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Papa Francisco
Geral
Papa Francisco diz que teoria de gênero é "uma ameaça"
Produção de petróleo no Brasil teve crescimento de 7,5% em um ano
Geral
Produção de petróleo no Brasil teve crescimento de 7,5% em um ano
Aeroporto Internacional de Campo Grande
Geral
Em 1 ano, movimento no Aeroporto de Campo Grande registra crescimento de 12%
Banco é responsável por transações após roubo de celular, decide STJ
Justiça
Banco é responsável por transações após roubo de celular, decide STJ
Alerta: Após denúncia de moradores, Energisa esclarece conta duplicada e reforça cuidados
Geral
Alerta: Após denúncia de moradores, Energisa esclarece conta duplicada e reforça cuidados
Hemocentro de Dourados
Geral
Hemocentro de Dourados passará por reforma geral
Eleições 2024: Eleitores têm até 8 de maio para regularização com a Justiça Eleitoral
Brasil
Eleições 2024: Eleitores têm até 8 de maio para regularização com a Justiça Eleitoral
Fachada do Hospital - Foto:
Justiça
MPMS investiga hospital de câncer por carência de especialistas em cabeça e pescoço
Mega-Sena realiza mais um sorteio
Geral
Mega-Sena acumula novamente e 'bolada' sobe para R$ 185 milhões
Vereador Helder Noboru Kasae, o Xirú e o presidente da casa, Marcos Inácio Campos -
Política
JD1TV: Vereador pede saída de presidente da Câmara após denúncias de corrupção em Terenos

Mais Lidas

Aposentado viaja de motor home com a esposa e já percorreu mais de 120 mil km
Geral
Aposentado viaja de motor home com a esposa e já percorreu mais de 120 mil km
Rapaz não teve tempo de ser socorrido
Polícia
JD1TV AGORA: Rapaz é assassinado com vários tiros no Aero Rancho
Polícia 'estoura' galpão cheio de contrabando na Guaicurus, em Campo Grande
Polícia
Polícia 'estoura' galpão cheio de contrabando na Guaicurus, em Campo Grande
As duas foram encaminhadas para a Santa Casa de Campo Grande
Polícia
Bêbadas, mulheres dizem ter sido abandonadas pela PM na BR-163 após suposta abordagem