Menu
Busca segunda, 22 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Índigenas conseguem mais de R$ 3mi de bônus para economia local

Ministério Público do Trabalho e Coletivo investem R$ 3milhões em apoio à economia indígena do MS

13 julho 2019 - 13h45Sarah Chaves, com informações da assessoria

Um evento organizado pelo Coletivo de Trabalhadores Indígenas de Mato Grosso do Sul discutiu a inserção do indígena no mundo do trabalho, na última quinta-feira (11), no município de Anastácio (MS), o seminário contou com a presença de procuradores do Ministério Público do Trabalho (MPT), responsável pela fiscalização e apoio aos trabalhadores, indígenas de diversas regiões do estado, professores doutores e autoridades locais.

A dificuldade do índio em conseguir um trabalho, e a necessidade de melhores políticas públicas para atender a demanda no estado foram discutidas, além de orientações aos trabalhadores que viajam pelo menos uma vez ao ano para colheita de maçãs na região sul do Brasil.

Apesar de ainda não ser o ideal a colheita de maçãs auxilia na renda do indígena, dando trabalho a aproximadamente 7 mil índios de MS, e o mais importante é que o valor salarial termina inserido na economia local. 

De acordo com  o coordenador do Coletivo, José Carlos Pacheco, somente nas cidades de Aquidauana e Anastácio são 843 trabalhadores que após retornarem de viagem  injetam aproximadamente R$ 3 milhões na região, já que o salário total pela empreitada chega a R$ 4 mil.

O procurador do MPT, Jefferson Pereira, disse a reportagem que o papel da Comissão Permanente de Investigação e Fiscalização das Condições de Trabalho é fundamental para a população indígena.“Acredito que após o trabalho de acompanhamento e monitoramento do MPT, iniciado no ano de 2014, nós estamos mais próximos do indígena e das empresas, questões de alojamentos, tratamento ao trabalhador foram sanadas após visitas de fiscalização e do Coletivo no local da colheita”, exemplificou o procurador.

Questionado sobre a perda de direitos do índio ao sair da reserva, o procurador do MPT, Jonas Ratier, disse que “o índio tem o direito de ser índio garantido pela Constituição”. Ele exemplificou que o estereótipo e o preconceito com falácias de que “índio é preguiçoso”, vem desde a época de colonização e as pessoas devem mudar esse tipo de pensamento, haja vista, que no Brasil são 282 etnias em meio a 370 milhões de povos espalhados pelo mundo. “Temos que combater o preconceito, buscar alternativas. Esses trabalhadores já sofreram uma escravidão durante séculos, e na atualidade muitos ainda sofrem uma “escravidão” velada, é nesse ponto que os órgãos responsáveis devem atuar”.

Qualificação e inserção no contexto urbano

Jose Carlos explicou que um dos objetivos do Coletivo é a qualificação profissional, por isso, enquanto os chefes de famílias vão a colheita da maçã, os filhos e jovens das aldeias recebem curso de qualificação profissional por meio do projeto Ressoarte (tecnologia da informática).

O coordenador do Coletivo adiantou que está em processo de conversa e planejamento para que os trabalhadores façam um curso de operação de máquinas e tratores para atuar na próxima colheita. “Nós temos uma empresa parceira do Rio Grande do Sul, o empresário demonstrou interesse em contratar os operadores, agora o objetivo é procurar meios de qualificar o trabalhador, é uma oportunidade a mais de emprego e a contrapartida poderia vir do próprio governo com cursos gratuitos”.

 

 

1/4 colchões

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Aeroporto da capital movimentou 595,6 toneladas de produtos no primeiro semestre
Geral
Crea-MS seleciona estagiários para atuação em Campo Grande
Geral
Jovem que trabalhava em cemitério é descoberta e vira modelo de sucesso
Geral
Homem chega ao sítio do pai e comete suicídio
Geral
Novas regras do frete mínimo para caminhoneiros já estão em vigor
Geral
Show de Talentos da Maturidade acontece neste domingo no Bosque dos Ipês
Geral
Único apostador ganha prêmio de R$ 21,9 milhões na Mega-Sena
Geral
Anta de 170kg entra em tanque de esgoto
Geral
Entra em fase final de testes maior aeronave militar feita no Brasil
Geral
Brasil comemora chegada do homem à Lua

Mais Lidas

Polícia
Acidente na BR-262 mata dois em Rio Pardo
Economia
Abono salarial começa a ser pago na quinta-feira; confira calendário
Polícia
Homem é executado por pistoleiros em conveniência
Geral
Homem chega ao sítio do pai e comete suicídio