Menu
Busca sábado, 22 de fevereiro de 2020
(67) 99647-9098
tj ms topo
Geral

Marun lamenta morte de Ibsen Pinheiro, ex-presidente da Câmara

Ibsen morreu aos 84 anos; ele teve uma parada cardiorrespiratória no hospital Dom Vicente Scherer, na Santa Casa de Misericórdia, em Porto Alegre

25 janeiro 2020 - 11h40Priscilla Porangaba

Carlos Marun lamentou a morte do Ibsen Pinheiro, de 84 anos, ex-presidente da Câmara em uma nota publicada nesta manhã de sábado (25).

Ibsen realizava um tratamento de saúde no hospital Dom Vicente Scherer, na Santa Casa de Misericórdia, em Porto Alegre, quando teve parada cardiorrespiratória. Ele morreu por volta das 21h, de acordo com a sua assessoria. Informações sobre velório e enterro ainda não foram divulgadas.

Marun fala que Ibsen tinha um caminho que o levaria para a Presidência da República, mas foi vítima de uma armação. O engenheiro e advogado também elogia o ex-presidente.

"Ibsen Pinheiro foi um símbolo de quanto a sanha acusatória pode ser nefasta quando se estabelece como onda a sufocar o elementar Direito de Defesa. Seguia um caminho que sinalizava fortemente a chegada a Presidência da Republica quando, vitima de uma armação pusilânime, teve sua trajetória política interrompida e seu nome jogado a lama. Anos depois, ao ver revelada a verdade, retornou com humildade ao processo político, mas sem voltar a ter a proeminência anterior. Esteve certa vez, há cerca de 15 anos,  em Campo Grande a meu convite para proferir palestra para Acadêmicos de Direito sobre este tema. A importância do Direito de Defesa e da Presunção da Inocência. A partir dali passou a ser o correligionário do MDB gaúcho com quem eu tive relação mais intensa, até ser eleito Deputado Federal e passar a conviver no dia a dia com colegas do Rio Grande. Mantive com ele conversas periódicas sobre o MDB, o nosso Inter e o Brasil. Ontem nos deixou. Estive em Brasília, ainda percorrendo meus primeiros passos na política, para assistir a Sessão Solene da Câmara Federal que homenageou o então recém falecido Ulisses Guimarães. Ibsen presidia aquela Casa e proferiu brilhante discurso. “Só o mar na sua imensidão é um túmulo digno, à altura da grandeza de Ulisses Guimarães”, disse ele. Mas os grandes homens são sepultados também na terra. E um destes vai ser sepultado hoje. Vai-se o homem, ficam o exemplo e a saudade. Que Deus conforte a família e O tenha entre os Seus!"

No Twitter, o atual presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia comentou sobre a morte do colega:

 

 

 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Prefeito fica preso em elevador da prefeitura
Geral
Pão de Açucar é autuado por vender produtos vencidos
Geral
Campo Grande terá escritório do Itamaraty, anuncia Marun
Geral
Prefeitura convoca aprovados em seleção para motorista
Geral
Mãe espera menina por meses, mas dá à luz a um menino
Geral
Confira a grade de funcionamento dos serviços públicos no carnaval
Geral
Virgem Maria nua e com pênis pode ser retirada de exposição
Geral
Bancos fecham no carnaval e mudam horário na Quarta-feira de Cinzas
Geral
Chuva não altera funcionamento do aeroporto da capital nesta manhã
Geral
Procon-CG descarta 101 kg de produtos em supermercado Novo Box

Mais Lidas

Cidade
Força tarefa minimiza estragos da chuva
Geral
Prefeito fica preso em elevador da prefeitura
Esportes
Nadador de MS disputa competição junto à seleção brasileira
Polícia
Funcionários da Receita encontram jibóia de 3 metros no posto fiscal