Menu
Menu
Busca sábado, 25 de maio de 2024
Camara Maio24 - TV camara
Geral

"Só o tempo vai dizer", comenta tatuador sobre o tratamento após perder a visão

Leandro agora espera a chegada da membrana de um recém-nascido para colocar nos olhos e evitar infecções

04 abril 2023 - 14h52Brenda Assis     atualizado em 04/04/2023 às 15h02

Se recuperando lentamente após ter soda cáustica jogada no rosto, o tatuador Leandro Coelho, de 31 anos, agora aguarda a chegada de uma membrana para colocar nos olhos e evitar infecções.

Ele perdeu a visão dos dois olhos após ser surpreendido com o líquido corrosivo jogado pela ex-companheira, Sônia Obelar Gregório, de 41 anos, no dia 22 de fevereiro, no Bairro Aero Rancho, em Campo Grande.

Ao JD1 Notícias, ele relatou que está se recuperando bem, apesar de ainda não ter previsão se um dia voltará a enxergar ou não. “Ainda estamos no andamento do tratamento, a última cirurgia foi mais para não perder o olho, não que minha visão voltou novamente. Os médicos disseram que só o tempo vai dizer se eu vou voltar a enxergar. É preciso ter paciência”.

O caso tem pouco mais de um mês, mas para que o processo de recuperação seja bem sucedido, é preciso que tudo ‘se alinhe’ com a ajuda do tempo.

“Fiz uma nova consulta de novo hoje. Estamos esperando chegar uma membrana de um recém-nascido que está encomendada para chegar no dia 11 ou 12 deste mês. Depois disso passarei por uma nova cirurgia para colocar essa membrana. Ela vai ajudar a evitar inflamações ou infecções, conforme os médicos explicaram”, conta.

A recuperação é lenta, mas apesar de alguns sustos, como o que Leandro passou semana passada ao ser internado as presas para não perder o olho, tem dado alguns resultados positivos. “Mexer com olho é complicado. Dessa última vez não perdi o olho por muita sorte. Pessoal não falava pra mim como tava a situação e entendo que as vezes era pra não me assustar, mas senti meu olho ‘sumindo’ e isso mostra que as coisas mudam de uma hora pra outra, tipo, a gente tá indo pra um lado e daqui a pouco surge outro problema”, finaliza.

O caso – Na noite de 22 de fevereiro, Leandro foi surpreendido pela ex-companheira, Sônia Obelar Gregório, de 41 anos, ao ter soda cáustica jogada no rosto.

Leandro estava chegando em casa quando encontrou a ex-namorada, a qual terminou um relacionamento há 4 meses, ele parou sua motocicleta para conversar e a autora jogou o líquido corrosivo, que estava em uma caneca, no rosto do homem. 

O rapaz foi socorrido e encaminhado para a Santa Casa, onde passou por cirurgia e foi confirmado que a vítima perdeu sua visão.

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campanha do Agasalho
Geral
Areias da Esperança promove 'Campanha do Agasalho' para arrecadar roupas de frio
Mutirão para emissão de RG de PCDs
Geral
Prefeitura de Campo Grande realiza mutirão para emissão do novo RG de PCDs
Bilhete de aposta da Mega-Sena
Geral
Mega-Sena sorteia prêmio acumulado de R$ 47 milhões neste sábado
Vai pagar? Netflix aumenta preços de assinaturas no Brasil; confira os valores
Geral
Vai pagar? Netflix aumenta preços de assinaturas no Brasil; confira os valores
Atendentes na nova sede do Procon-MS
Geral
Após suspensão, Procon-MS retoma atendimentos por telefone e adota tecnologia VoIP
Tony Ramos deixa o hospital após passar por duas cirurgias cerebrais
Geral
Tony Ramos deixa o hospital após passar por duas cirurgias cerebrais
Sérgio Longen, presidente da FIEMS
Geral
Dia da Indústria: Longen destaca avanço do setor em Mato Grosso do Sul
Energisa abre turmas exclusiva para mulheres em curso de eletricista
Geral
Energisa abre turmas exclusiva para mulheres em curso de eletricista
Mega-Sena promoveu mais um sorteio
Geral
Mega-Sena acumula e prêmio salta para R$ 47 milhões
Corregedoria deve verificar in loco o funcionamento do TJMS
Justiça
Juiz do Amapá é investigado e afastado cautelarmente por ligações com facções

Mais Lidas

Amalha trabalhava como corretora de imóveis
Polícia
Corretora foi morta a pauladas por 'amigo' após não entrar em esquema de golpe
Amalha era corretora de imóveis
Polícia
AGORA: Choque prende um dos autores do assassinato da corretora Amalha Mariano
Amalha foi vítima de três sessões de espancamento antes de ser morta em Porto Seco
Polícia
Amalha foi vítima de três sessões de espancamento antes de ser morta em Porto Seco
O caso foi registrado na Depac Cepol em Campo Grande
Polícia
Mulher é ameaçada de morte por agiota na Capital: 'vai pagar por bem ou por mal'