Menu
Busca sábado, 18 de setembro de 2021
(67) 99647-9098
Gov - Estado que Cresce (set21)
Internacional

Militares venezuelanos atiram contra indígenas na fronteira e casal morre

Vítimas são marido e mulher, de acordo com ONG

22 fevereiro 2019 - 15h53Marcos Tenório com informações do site Correio Braziliense

Duas pessoas morreram e 15 ficaram feridas durante um confronto entre indígenas e militares venezuelanos nesta sexta-feira (22) em uma região perto da fronteira com o Brasil. O incidente foi confirmado por Emilio Gonzalez, prefeito de Gran Sabana, onde aconteceu a fatalidade.

De acordo a organização não governamental (ONG) Kapé Kapé, o grupo tentava manter aberta uma estrada que liga os dois países, no estado de Bólivar. "Uma mulher indígena e seu marido morreram, e ao menos outros 15 membros da comunidade indígena do município Gran Sabana ficaram feridos após a investida de um comboio da Guarda Nacional", informou a entidade.

De acordo com testemunhas, o ataque aconteceu pela manhã, quando uma escolta militar se aproximou de uma comunidade indígena de Kumarakapai. Os soldados abriram fogo com balas de borracha e gás lacrimogêneo, quando os voluntários tentaram impedir que os veículos fechassem a passagem.

Quatro dos feridos estariam em estado grave. As vítimas foram transferidas para um hospital no Brasil porque na Venezuela não há remédios para tratamento médico. A mulher que foi morta foi identificada como Zorayda Rodriguez, 42 anos.

Essa é a primeira fatalidade envolvendo uma operação internacional que tenta levar ajuda humanitária ao país, desafiando o governo de Nicolás Maduro. Nesta sexta-feira, um avião com ajuda humanitária destinada a venezuelanos chegou a Roraima.

Juan Guaidó se pronuncia

Segundo afirmou em publicação no Twitter o opositor Juan Guaidó, que se autoproclamou presidente interino do país e conta com apoio dos Estados Unidos, Brasil e dezenas de outros países, escreveu "Eu pergunto às Forças Armadas, é constitucional que abram fogo contra indígenas desarmados?", indagou Jorge Perez, um vereador que diz ter estado presente quando os soldados abriram fogo. "É constitucional matar indígenas?"

Unica - inverno

Deixe seu Comentário

Leia Também

Internacional
Duas crianças são abandonadas na fronteira entre EUA e México
Internacional
BDSM ? Adolescente de 15 anos é operado após inserir cabo USB no pênis
Internacional
França suspende 2,7 milhões de profissionais da saúde não vacinados
Política
Vídeo: Tereza Cristina destaca inovação e tecnologia do agro brasileiro na Itália
Geral
Vídeo: "Onda onda, olha a onda", Brasil pode ser atingido por tsunami
Internacional
Covid: Mais de 5 milhões de pessoas entram em confinamento na China após novo surto da doença
Internacional
Pentágono: novo míssil norte-coreano ameaça comunidade internacional
Internacional
Primeiro voo comercial aterrissa em Cabul após Talibã tomar controle do país
Internacional
Documentos sigilosos sobre o 11/9 são liberados pelo governo dos Estados Unidos
Internacional
Afegãos manifestam revolta com os EUA pela situação atual do país

Mais Lidas

Vídeos
Vídeo: Corna arrasta 'Ruivinha' pelos cabelos após descobrir traição
Geral
Mãe lamenta morte de jovem que bateu em caçamba de entulhos
Geral
Abandonada por amigos em deserto, brasileira morre de fome e sede
Polícia
Idoso de 68 anos toma muito 'azulzinho' e morre em motel