Menu
Busca quinta, 13 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Justiça

Justiça confirma decisão da OAB e Bernal perde direito de advogar

O desembargador, Peixoto Júnior, derrubou a liminar obtida por Alcides que o mantinha como advogado

21 novembro 2019 - 17h01Mauro Silva, com blog do Marcos Eusébio

O ex-prefeito, Alcides Bernal, acaba de perder o direito de advogar após deliberação do desembargador, Peixoto Júnior, relator da ação no Tribunal Regional Federal da 3ª Região, que derrubou, nesta quinta-feira (21), a liminar deferida ao ex-chefe do executivo municipal na Justiça Federal de Campo Grande contra a decisão do Tribunal de Ética e Disciplina (TED) da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional de Mato Grosso do Sul (OAB-MS).

Bernal é acusado de apropriação de indenização recebida por uma cliente. O caso fez com que a OAB-MS impedisse, o até então advogado, de exercer a profissão, enquanto não houver esclarecimentos sobre o repasse da verba. Com a decisão de hoje Alcides fica impedido de exercer a profissão.

O caso

O caso foi divulgado em 2013, no qual informou que a cliente, a ex-catadora  Dilá Dirce de Souza, foi atropelada por um caminhão de lixo, em 14 de junho de 1999. Bernal foi advogado de Dilá no processo em que ela pediu verbas indenizatórias e uma pensão vitalícia, pois a mesma ficou impossibilitada de trabalhar após o acidente.

O valor da indenização que foi apropriado por Alcides, ficou em torno de sessenta salários mínimos (R$ 159,3 mil, atualmente), que deveria ser repassado a catadora. Dilá ganhou a causa por danos morais contra a Vega Engenharia Ambiental, responsável, à época, pela coleta de lixo em Campo Grande.

 

 

 

 

 

 

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
STJ manda Queiroz de volta para a cadeia
Justiça
Servidor desviava materiais da Sefaz para vender
Justiça
Atacadão pagará R$ 15 mil a cliente acusado de furtar tequila
Justiça
Paraguai não acha provas contra Ronaldinho e ex-jogador pode ser inocentado
Justiça
“Se não contermos a pandemia, colapso na Saúde é invitável”, diz defensor-geral de MS
Justiça
AO VIVO: Audiência de “fechamento” termina sem acordo
Justiça
AO VIVO: Audiência do “fechamento”, o que pensam as partes?
Justiça
Juiz barra presença de vereador em reunião de conciliação
Justiça
Indústria terá assento em audiência amanhã sobre “fechamento” da capital
Justiça
Justiça: Drogasil terá que indenizar cliente por assédio de atendente

Mais Lidas

Justiça
STJ manda Queiroz de volta para a cadeia
Cidade
Demitidos do Consórcio Guaicurus terão plano de saúde e "passe grátis"
Polícia
Após 12 horas de negociação, Bope invade casa e resgata homem que tentava suicídio
Educação
Volta às aulas da rede particular é adiada para setembro