Menu
Busca terça, 23 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Justiça

MP envia ofícios a Agepan e Aneel questionando serviços da Energisa

Representante do MPE esteve em reunião na Câmara na manhã desta sexta-feira

25 janeiro 2019 - 17h17Da redação

Representando o Ministério Público Estadual (MPE), o promotor Luiz Eduardo Lemos da 43° Promotoria esteve em reunião na Câmara nesta sexta-feira (25), e explicou que a Energisa já foi notificada e ofícios serão entregues aos órgãos reguladores cobrando questões sobre serviços da concessionária em Mato Grosso do Sul.

Conforme o promotor a primeira coisa que deve ser verificada é sobre a questão tarifária por parte da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL),  e que o argumento da Energisa alegando altas temperaturas e aumento na conta é relativo, pois, diversas reclamações de todo o estado chegaram ao MP. “Nós instauramos um acompanhamento da atuação da agência reguladora ANEEL, e no estado temos a Agência Estadual de Serviços Públicos (Agepan) que tem convênio de cooperação com a mesma”.

Para o promotor a população deve acessar mais o site da ANEEL e utilizar da área de reclamação, para publicar e divulgar falhas nos serviços da empresa.

Lemos argumentou que se estiver ocorrendo erros na leitura, o MP vai atuar para enfrentar o problema por meios judiciais. “A ANEEL e a AGEPAN devem se posicionar sobre o assunto, já notificamos a empresa e agora enviamos ofícios às reguladoras” concluiu o promotor.

Ao final da reunião os parlamentares de Campo Grande decidiram abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar denúncias contra a Energisa. 

 

Roberto Carlos

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Suspeito de matar pastor, filho biológico de Flordelis dispensa advogados
Justiça
PF prende quatro pessoas suspeitas de invadir celular de Sergio Moro
Justiça
Número de cadastrados em sistema biométrico chega a 69%
Justiça
Jovem é estuprada após festa e descobre crime por vídeo na internet
Justiça
Por unanimidade, Soraya perde ação na Justiça para suplente
Justiça
“Não deu tempo de prepará-lo para isso”, diz avó de Bruninho
Justiça
"Decisão sobre dados do COAF não impede investigações", diz Toffoli
Justiça
Rigo entra com recurso baseado em decisão de Toffoli
Justiça
Após atacar bar no Facebook, críticos terão que pagar indenização
Justiça
TJ derruba liminar e mantém oito horas

Mais Lidas

Justiça
Por unanimidade, Soraya perde ação na Justiça para suplente
Economia
Abono salarial começa a ser pago na quinta-feira; confira calendário
Geral
Homem chega ao sítio do pai e comete suicídio
Polícia
Pai arrecada R$ 1 mi para tratamento do filho e foge com valor