Menu
Menu
Busca sexta, 01 de março de 2024
Justiça

MPMS investiga possível fraude em licitação para uniformes do Samu em Sidrolândia

Promotora aponta indícios de violação ao patrimônio público em processo licitatório

17 outubro 2023 - 10h50Vinícius Santos     atualizado em 18/10/2023 às 07h37

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS), por meio da 3ª Promotoria de Justiça de Sidrolândia, a 70 quilômetros da Capital, abriu uma investigação para apurar uma possível irregularidade no Pregão Eletrônico n. 045/2023, que tinha como objetivo a aquisição de uniformes para a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). A decisão foi publicada no Diário Oficial do MPMS nesta terça-feira (17).

A instauração do Inquérito Civil foi determinada pela Promotora de Justiça, Janeli Basso, após o órgão receber uma denúncia de suposta fraude no processo licitatório. Conforme a denúncia, o caso envolve empresas que estavam sob investigação na Operação "Tromper".

Esta operação, conduzida pelo Grupo Especial de Combate à Corrupção (GECOC) e pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO), revelou a existência de conluio entre empresas que participaram de licitações e firmaram contratos com a Prefeitura Municipal de Sidrolândia, somando valores milionários.

Além disso, a investigação apontou a existência de uma organização criminosa dedicada a fraudes em licitações e desvio de dinheiro público. Também foi mencionado o pagamento de propina a agentes públicos, inclusive em troca do compartilhamento de informações privilegiadas da administração pública.

A operação "Tromper" recebeu seu nome da língua francesa, que significa "enganar". A denúncia sobre possíveis fraudes no processo licitatório faz menção a possíveis tentativas de obstrução da investigação, onde algumas pessoas alegaram que "essa operação não vai dar em nada". 

Em sua justificativa, a promotora elenca que a documentação reunida até o momento aponta para uma possível violação do patrimônio público e social devido a irregularidades nos processos licitatórios do Pregão Eletrônico n. 045/2023, destinado à aquisição de uniformes para a equipe do SAMU.

O inquérito civil não está sob sigilo e está disponível para consulta no site do Ministério Público de Mato Grosso do Sul, na página 19 (link). O JD1 Notícias procurou a Prefeitura de Sidrolândia, que, por meio da Secretaria de Saúde, afirmou que a aquisição dos uniformes ocorreu por meio de pregão eletrônico, com a empresa vencedora estando em conformidade documental e que os valores dos uniformes estão de acordo com os preços de mercado.

JD1 No Celular

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

(*) Matéria atualizada às 11h25 para acréscimo da nota da prefeitura de Sidrolândia.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

STF irá retomar na próxima semana julgamento sobre porte de drogas
Justiça
STF irá retomar na próxima semana julgamento sobre porte de drogas
Meta
Justiça
Justiça dá prazo de 30 dias para Meta, dona do Facebook, mudar de nome no Brasil
MP espanhol vai recorrer para aumentar pena de Daniel Alves por estupro, diz agência
Justiça
MP espanhol vai recorrer para aumentar pena de Daniel Alves por estupro, diz agência
Banco é responsável por transações após roubo de celular, decide STJ
Justiça
Banco é responsável por transações após roubo de celular, decide STJ
Estudantes de direito podem se inscrever para estágio em Fórum de Corumbá
Justiça
Estudantes de direito podem se inscrever para estágio em Fórum de Corumbá
Eleições 2024: Eleitores têm até 8 de maio para regularização com a Justiça Eleitoral
Brasil
Eleições 2024: Eleitores têm até 8 de maio para regularização com a Justiça Eleitoral
Foto: Divulgação/DPERGN
Justiça
Defensoria levará Van dos Direitos em ação em Paranhos
Fachada do Hospital - Foto:
Justiça
MPMS investiga hospital de câncer por carência de especialistas em cabeça e pescoço
Dino segue Moraes e vota a favor da condenação de 15 réus do 8 de janeiro
Justiça
Dino segue Moraes e vota a favor da condenação de 15 réus do 8 de janeiro
Defensoria Pública da União (DPU) -
Justiça
Defensoria Pública da União nega integrar grupo para criar cadeia para indígenas em MS

Mais Lidas

Aposentado viaja de motor home com a esposa e já percorreu mais de 120 mil km
Geral
Aposentado viaja de motor home com a esposa e já percorreu mais de 120 mil km
Rapaz não teve tempo de ser socorrido
Polícia
JD1TV AGORA: Rapaz é assassinado com vários tiros no Aero Rancho
Polícia 'estoura' galpão cheio de contrabando na Guaicurus, em Campo Grande
Polícia
Polícia 'estoura' galpão cheio de contrabando na Guaicurus, em Campo Grande
As duas foram encaminhadas para a Santa Casa de Campo Grande
Polícia
Bêbadas, mulheres dizem ter sido abandonadas pela PM na BR-163 após suposta abordagem