Menu
Menu
Busca sexta, 14 de junho de 2024
Prefeitura Refis Junho24
Justiça

Passe em Campo Grande pode subir se Consórcio Guaicurus provar prejuízo em nova perícia

Empresa empreende esforços para mudar o curso das tarifas de transporte público

12 maio 2024 - 07h30Vinícius Santos

A empresa Consórcio Guaicurus, responsável pelo transporte público de Campo Grande, está envolvida em uma 'guerra' na Justiça para provar que está em prejuízo. Para isso, a empresa contratou uma nova perícia, que custará R$ 272 mil, para analisar o contrato de concessão.

Cabe ressaltar que uma primeira perícia apontou que a empresa teve lucro de R$ 68,9 milhões nos primeiros seis anos de concessão. No entanto, a estratégia da empresa é provar o contrário nesta segunda perícia.

Se a tese da empresa for comprovada, a tarifa técnica, aquela suportada pelo município, teria que sofrer ajustes. Isso poderia impactar diretamente na tarifa pública, aquela paga pelo usuário, hoje em R$ 4,75. 

A prefeitura de Campo Grande, atualmente comandada pela prefeita Adriane Lopes, está envolvida na 'briga' e já determinou as perguntas que a equipe pericial deve responder. Entre elas, estão:

- Qual o diagnóstico do sistema municipal de transporte coletivo hoje em Campo Grande? Informar neste diagnóstico a quantidade de frota existente, o tempo de espera dos usuários, idade de cada veículo, condições físicas de cada veículo.

- Ao longo do contrato, as especificações operacionais (itinerário, frequência, horário e frota) atenderam às necessidades da população, do desenvolvimento urbano, da racionalidade e do equilíbrio econômico-financeiro do contrato?

- Durante o tempo de vigência do contrato houve aquisição de novos veículos pela empresa concessionária? Quantos?

- Qual o número anual de passageiros pagantes, dos passageiros com descontos e dos passageiros que possuem gratuidade?

A Procuradora Municipal Viviani Moro assina o documento que formaliza as perguntas aos peritos. O processo está em andamento, com outras partes interessadas podendo apresentar questionamentos adicionais.

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul (MPMS) poderá ser acionado para intervir como fiscal da ordem jurídica, dada a natureza do caso envolvendo interesse público coletivo.

JD1 No Celular

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp e fique por dentro dos acontecimentos também pelo nosso grupo, acesse o convite.

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no iOS ou Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Hugo e Rubia
Polícia
Rúbia acusada de esquartejar jogador se entrega e fica em presídio no PR
 Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS) -
Justiça
MPMS investiga empresas por desmatamento ilegal em Campo Grande
Imagem da urna eleitoral eletrônica /
Política
PM candidato é alvo do MP Eleitoral por propaganda antecipada na Capital
Justiça mantém prisão de 'Chupeta' acusado de homicídio no Aero Rancho
Justiça
Justiça mantém prisão de 'Chupeta' acusado de homicídio no Aero Rancho
A condenação se deu por lesão corporal leve e injúria estando em serviço
Justiça
Homem é condenado a 1 ano e 6 meses de prisão por homicídio na Capital
Extorsão a empresário termina em condenação de auditor e contador em MS
Justiça
Extorsão a empresário termina em condenação de auditor e contador em MS
Vereador Claudinho Serra
Interior
'Apressado' para ter acesso à delação, Claudinho Serra tem pedido negado pelo TJMS
Jamil Name Filho, também conhecido como
Justiça
Jamilzinho quer ser julgado por videoconferência no caso do 'Playboy da Mansão'
Judiciário não tem expediente em 7 cidades nesta quinta e sexta-feira
Justiça
Judiciário não tem expediente em 7 cidades nesta quinta e sexta-feira
CCJ da Câmara em sessão que aprovou PEC das Drogas
Política
PEC das drogas é aprovada com placar de 47 a 17

Mais Lidas

Estátua em homenagem ao cantor João Carreiro
Comportamento
Vai ter estátua! Mesmo com polêmicas, 'Tributo a João Carreiro' acontece nesta quarta
Maria Isabel e Marco Antônio | Anna Colombi e o noivo
Comportamento
Santo Casamenteiro? Jovens encontraram o amor após acharem aliança em bolo na Capital
Rua 14 de Julho
Geral
Abre e fecha de Santo Antônio: Confira o que funciona na Capital no feriado
Devanir foi morto em caso de latrocínio em Ribas
Interior
Trio é preso por roubar carro e matar taxista em Ribas do Rio Pardo