Menu
Busca sexta, 20 de setembro de 2019
(67) 99647-9098
Oportunidade

PGE anuncia seleção para assessor de procurador

O período de inscrições será de 5 a 14 de junho

30 maio 2019 - 16h16Joilson Francelino, com informações da assessoria

De 5 a 14 de junho estarão abertas as inscrições para o 2º processo de seleção simplificada de aptidão para composição de cadastro reserva para o cargo de provimento em comissão de direção gerencial e assessoramento. O edital foi publicado nesta quinta-feira (30) no Diário Oficial do Estado (DOE).

Os aprovados que forem chamados exercerão a função de assessor de procurador, da Procuradoria-Geral do Estado de Mato Grosso do Sul (PGE) e deverão realizar atividades de nível superior e assessoramento jurídico e administrativo aos procuradores.

Para participar do processo é necessário ser bacharel em direito com inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) ou certificado de aprovação em Exame de Ordem; ser brasileiro; estar quite com o serviço militar (se homem); estar no gozo dos direitos políticos; gozar de saúde física e mental; ter boa conduta social e não registrar antecedentes criminais.

Não poderão participar do processo cônjuge, companheiro ou parente consanguíneo ou por afinidade, até o terceiro grau, do titular do órgão em exercício.

Inscrição e Remuneração

As inscrições deverão ser feitas exclusivamente pela internet, clicando neste link. O valor para inscrição é de R$ 50,00.

Ainda no momento da inscrição, o interessado deverá anexar cópia de documento oficial de identidade com foto em formato “pdf”, sendo admitido, para tanto, fotocópia de RG, CNH, OAB, CTPS ou carteira funcional.

A remuneração correspondente ao cargo em comissão de direção gerencial e assessoramento, símbolo DCA-7, função assessor de procurador, é de R$ 2.029,76, acrescida de 100% de gratificação pelo exercício de cargo em comissão.

O cargo será exercido na capital sul-mato-grossense, podendo a lotação ocorrer em todos os setores onde exista atuação da PGE. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais, no horário de funcionamento estabelecido pela PGE.

Prova

O processo de seleção consistirá em duas fases, todas de caráter eliminatório e classificatório:

• Prova Objetiva: 40 questões de múltipla escolha, valendo 0,25 cada questão;
• Prova Escrita: de natureza discursiva, que poderá trazer questões teóricas, casos concretos ou situações práticas que exigirão resposta juridicamente fundamentada, com o objetivo de verificar a capacidade de desenvolvimento do raciocínio lógico expositivo do interessado, levando-se em consideração, para atribuição das notas, além da resposta à questão jurídica formulada, o domínio correto da norma culta da língua portuguesa.

As provas objetiva e escrita terão duração de 4h e serão realizadas em Campo Grande. A data, local e horário serão posteriormente divulgados após o término das inscrições nos endereços já citados anteriormente.

Ainda será publicado no DOE a relação dos interessados aptos a comporem o cadastro reserva em ordem classificatória de acordo com a nota final, que serão observadas para fins de nomeação.

 

Toka do Jacare - perkal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Oportunidade
Funtrab tem mais de 240 vagas disponíveis nesta quinta
Oportunidade
TIM abre vagas para jovem aprendiz na capital
Oportunidade
Funtrab oferece diversas vagas nesta terça
Oportunidade
Funtrab tem 180 vagas nesta segunda-feira
Oportunidade
Funsat oferece vagas para fisioterapeuta, farmacêutico e educador físico
Oportunidade
Prefeitura faz seleção com salário de pouco mais de R$ 500
Oportunidade
Funtrab divulga oportunidades de emprego para a capital nesta quarta
Oportunidade
Confira as vagas oferecidas pela Funtrab nesta terça-feira
Oportunidade
Funtrab tem diversas vagas nesta segunda
Oportunidade
TRF3 abre concurso para nível médio com salário que pode chegar a R$ 11 mil

Mais Lidas

Cidade
Mais dois radares na Afonso Pena começam a multar
Internacional
Tragédia – Incêndio em escola mata 263 alunos e 2 professores
Polícia
Homem é assassinado com facada no pescoço
Polícia
Assassino de Ronaldo assume quatro homicídios da década de 80