Menu
Busca sexta, 13 de dezembro de 2019
(67) 99647-9098
TJMS Dezembro-19
Polícia

Execução de capitão custaria R$ 120 mil, mas quem morreu foi o filho

Empresários teriam encomendado a morte após desavenças com Paulo Xavier

12 agosto 2019 - 18h17Joilson Francelino, com informações do Correio do Estado

A morte do capitão reformado da Polícia Militar, Paulo Roberto Teixeira Xavier, teria sido encomenda por empresários ao valor de R$ 120 mil, devido a um desafeto com os mandantes. A tentativa aconteceu no dia 9 de abril deste ano, e resultou na morte de Matheus Xavier, 20 anos, filho do capitão.

O grupo de extermínio contratado para a execução foi investigado por uma força tarefa da Delegacia Especializada a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros (Garras) e o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO). Os criminosos receberiam após o crime, mas erraram o alvo.

No dia do crime, os investigadores tentaram apurar com o capitão a informação sobre algum inimigo que queria sua morte, sem sucesso devido ao estado de choque que Paulo se encontrava. “Ele estava bastante abalado. Pedi para puxar na memória, mas naquele momento não conseguia se recordar de ninguém que tivesse tamanha raiva que chegasse a esse ponto”, disse o delegado Fábio Peró em entrevista ao jornal Correio do Estado.

Acusações

Em 2009, Paulo Roberto foi preso acusado pela Polícia Federal de explorar máquinas de caça-níqueis na capital. Ele então foi condenado a sete anos de prisão por falsidade ideológica, mas acabou solto em 2011, quando o STF decidiu que ele poderia responder em liberdade.

O capitão voltou à prisão três anos depois, por porte ilegal de arma em uma praia do Maranhão. Em 2017, ele foi movido para a reserva.

Relembre a execução

Matheus Xavier foi executado a tiros na noite quando manobrava o veículo de seu pai, na residência onde moravam, na rua Antônio da Silva Vendas, bairro São Bento.

Um veículo de passeio de cor branca se aproximou e os criminosos efetuaram disparos de fuzil 556. Os pistoleiros fugiram após crivar a caminhonete de balas.

O capitão da PM socorreu o filho imediatamente e o levou para a Santa Casa, mas, o jovem morreu antes de dar entrada no hospital.

PMCG - Cidade do Natal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Criança de 7 anos sofre estupro coletivo dentro da escola
Polícia
Mulher perde R$ 400 em golpe telefônico
Polícia
Dupla é presa na hora que iria arrombar cofre de farmácia
Polícia
Avô de 83 anos é preso em flagrante por estupro a netos de 4 e 6 anos
Polícia
Criança sofre traumatismo craniano após ser agredida por esquizofrênico
Polícia
Dupla faz família refém, rouba e abandona Mercedes durante fuga
Polícia
Homem é preso em flagrante por tráfico de drogas
Polícia
Vestido de mulher filho tenta fazer prova do Detran no lugar da mãe
Polícia
Homem queria "Natal diferenciado" e faz árvore de Natal de maconha
Polícia
Gaeco cumpre mandados por corrupção em Fátima do Sul e Vicentina

Mais Lidas

Internacional
Banhistas encontram "peixe-pênis" em praia após tempestade
Geral
Sexta-feira começa sem cancelamentos e atrasos no aeroporto
Educação
Inep divulga resultado da prova de proficiência em português
Geral
Pintor fica pendurado no 17º andar de prédio central