Menu
Busca domingo, 21 de abril de 2019
(67) 99647-9098
Polícia

Gerson Camata foi assassinado por ex-assessor

Antes do crime, os dois se encontraram e iniciaram uma discussão

27 dezembro 2018 - 10h50Da redação com informações da Agência Brasil

Marcos Venício Moreira Andrade, de 66 anos, confessou a autoria do assassinato do ex-governador do Espírito Santo, Gerson Camata, na quarta-feira (26), em Vitória. 

Venício foi assessor de Camata por cerca de 20 anos e, atualmente, a vítima movia uma ação judicial contra o autor que teve R$ 60 mil bloqueados em sua conta bancária. Marcos foi preso horas após o crime. A arma utilizada no crime, sem registro, também foi apreendida pela Polícia Civil.

O secretário de Segurança Pública do Espírito Santo, Nylton Rodrigues,  detalhou que no dia do crime, na Praia do Canto, o autor foi tirar satisfação, ao encontrar Gerson Camata, próximo a uma padaria e a uma banca de revistas. “Neste encontro, iniciou-se uma discussão verbal, momento em que o Marcos Venício sacou uma arma e efetuou o disparo que vitimou o nosso ex-governador. É isso o que nós podemos adiantar agora", informou.

Rodrigues contou também que o ex-governador foi morto com um único disparo, que atingiu o pescoço.

pmcg - prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Casal morre em acidente na MS-164
Polícia
Jovem morre afogado em piscina do Corumbaense Futebol Clube
Polícia
Homem tem mãos decepadas, na fronteira
Polícia
Ministério da Informação no Afeganistão sofre ataque
Polícia
Mulher é assaltada e estuprada em Dourados
Polícia
Ex-nomeado da Segov é investigado por usar telefone em presídio
Polícia
Ex-radialista é morta com 24 facadas pelo sobrinho
Polícia
De "braços abertos", indígena é atropelada em rodovia
Polícia
Bandidos fingem ser clientes e trabalhadores são feitos reféns
Polícia
PMA multa mulher por colocar fogo em vegetação

Mais Lidas

Polícia
Casal morre em acidente na MS-164
Polícia
Homem tem mãos decepadas, na fronteira
Polícia
Ex-radialista é morta com 24 facadas pelo sobrinho
Geral
Meningite mata jornalista conhecido em MS