Menu
Busca terça, 21 de janeiro de 2020
(67) 99647-9098
Perkal Topo - janeiro-20
Polícia

PMA multa homem por cortar madeira protegida para fazer cercado

O autor, de 52 anos, derrubou diversas árvores de grande porte em uma área de Mata Atlântica na propriedade

20 julho 2019 - 15h24Priscilla Porangaba, com informações da PMA

A Polícia Militar Ambiental (PMA) apreendeu durante fiscalizações nas propriedades rurais do município, autuaram nessa sexta-feira (19) à tarde o proprietário de uma fazenda, por crime ambiental de exploração ilegal de madeira em área protegida por Lei.

O autor, de 52 anos, derrubou diversas árvores de grande porte em uma área de Mata Atlântica na propriedade, bioma protegido pela Lei Federal 11.428/2006

Ele usava a madeira na construção de cercados para criação de porcos e galinhas, sem autorização do órgão ambiental. As atividades foram paralisadas e a madeira apreendida.

Ele foi autuado administrativamente e multado em R$ 5,5 mil. O proprietário responderá por crime ambiental, e a pena prevista é de um a três anos de detenção.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Scalise fala em “compaixão” sobre mulher que ateou fogo na antiga Casa do Papai Noel
Polícia
PMA autua fazendeiro em mais de R$180 mil
Polícia
Criminosos invadem templo da Igreja Universal e levam dinheiro
Polícia
Substituto do narcotraficante Minotauro, é transferido de prisão
Polícia
Ex-namorada não aceita fim de relacionamento e ateia fogo em jovem
Polícia
Adolescente tranca pai em casa para denunciar abuso sexual
Polícia
Policial Militar morre ao ser atropelada por um caminhão
Polícia
Azambuja determina reforço policial na fronteira
Polícia
Policia Militar divulga balanço de crimes já cometidos em 2020
Polícia
Traficante que vendia com maquininha diz que foi pedido dos clientes

Mais Lidas

Brasil
Embraer mantém férias coletivas de funcionários por mais três dias
Geral
Nova diretoria do Sindifisco define metas
Geral
Homem procura por familiares em Mato Grosso do Sul
Cidade
Programa da prefeitura se destaca no país após premiação