Menu
Busca segunda, 19 de abril de 2021
(67) 99647-9098
Governo Balada - topo - abril21
Polícia

Polícia encerra 'festinha no Tarumã' com aglomeração e dona faz escândalo e acaba detida

Ela teria dito que não acabaria com a festa e que os vizinhos que fossem cuidar da casa deles, e fechou o portão na cara dos policiai

27 fevereiro 2021 - 08h43Marcos Tenório

Na madrugada deste sábado (27) vizinhos denunciaram uma festa que rolava solta em uma casa do bairro Jardim Tarumã, no local havia aglomeração com jovens, gritaria e som alto em Campo Grande. A festinha não só desrespeitava o toque de recolher, mas perturbava o sossego da vizinhança. A dona da casa não atendeu os pedidos dos policiais para encerrar a festa, fez barraco e acabou na delegacia.

Conforme o boletim de ocorrência, os policiais foram acionados por vizinhos e quando chegaram ao local, viram que havia um grande número de pessoas participando da festa com som alto, gritaria e algazarra. Após muita insistência da polícia, um dos participantes da festa saiu para fora da residência para atender a equipe policial, em seguida, ele chamou a dona da casa, uma mulher de 41 anos.    

A dona da residência disse que sua filha menor de idade estava reunida com amigos e que não fazia nada de errado. Os policiais ainda explicaram para ela sobre o toque de recolher, que começa às 23h, pois a dununcia havia sido feita uma hora da madrugada. 

Em seguida, a mulher ficou muito nervosa e protagonizou um escândalo desnecessário com os PMs, e teria dito que não acabaria com a festa e que os vizinhos que fossem cuidar da casa deles, e fechou o portão na cara dos policiais.

Foi quando os militares informaram a dona da casa, que ela seria conduzida à delegacia. Foi solicitado apoio de outra viatura e, enquanto isso, os jovens começaram a dispersar do local, permanecendo somente a família que mora na casa. 

A vizinha, que havia realizado a denúncia, revelou que sempre tem aglomeração de jovens na residência e não é a primeira vez que a polícia vai até o local. Os policiais já haviam comparecido à casa no mesmo dia, às 19h, e uma outra moradora daquela casa foi orientada a desligar o som.    

A dona da casa resistiu e teve que ser algemada. O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Cepol, como pertubação do trabalho ou do sossego alheios e inflação de medida sanitário preventiva.

APP JD1_apple

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Bar é notificado por estar com mais de 80 pessoas aglomeradas nas Moreninhas
Polícia
Toque de recolher: 26 estabelecimentos comerciais são orientado à fecharem
Polícia
Idoso que deixou cavalo cair e morrer em valeta é encontrado em bar e diz 'não tinha o que fazer'
Polícia
Estado de saúde do filho de vereador baleado é estável
Polícia
Menina de 7 anos é estuprada pelo "melhor amigo" do pai em Campo Grande
Polícia
Suspeito de homicídio no Noroeste é preso em Campo Grande
Polícia
Rapaz é esfaqueado por desconhecido próximo ao Shopping Norte Sul
Polícia
Vereador sofre atentado e filho de 3 anos é atingido por disparo no peito
Polícia
Jovem ferido por arma de fogo no Mário Covas segue internado e estável
Polícia
Menor depreda estação de ônibus

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio