Menu
Busca domingo, 19 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Polícia

Suspeitos de assassinato são presos em "boca de fumo"

Wilson foi encontrado morto no dia 27 de março, em meio a um matagal com os pés amarrados, uma corda no pescoço

13 abril 2019 - 15h52Marcos Tenório

Foram presos em Corumbá, nesta sexta-feira (12)  quatro suspeitos do assassinato Wilson dos Santos Alves, de 33 anos. A vítima que foi morta a tiros, tinha uma corda amarrada no pescoço.

A polícia estava em diligências no "Beco da Treze" quando recebeu informações de que em uma casa onde funcionava uma "boca de fumo" estavam escondidos os suspeitos do assassinato de Wilson.

Os militares foram até a residência e no interior encontraram os suspeitos Rafael Henrique e  Oilson da Silva, ambos de 20 anos, e Mateus dos Santos, 19 anos.

Wilson foi encontrado morto no dia 27 de março, em meio a um matagal com os pés amarrados, uma corda no pescoço e marcas de tiros na cabeça e nas costas.

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Derramamento de sebo na BR-267 mobiliza Corpo de Bombeiros e PRF
Polícia
Ex-marido esfaqueia mulher em boate ao ver localização em rede social
Polícia
Traficante capota caminhonete com quase duas toneladas de maconha e foge
Polícia
Homem é morto a pauladas e pedradas, em Juti
Polícia
Homem toma arma de policial, troca tiros com outros e morre em telhado de casa
Polícia
Foragido é preso em MS e polícia descobre abuso sexual de cinco meninas
Polícia
Homem é flagrado ao tentar se livrar de mochila com maconha
Polícia
Homem morre prensado depois de pular de caminhão
Polícia
PF realiza operação contra distruição online de material de abuso infantil
Polícia
Nando, o "serial killer do Danúbio Azul", tem mais um julgamento nesta sexta

Mais Lidas

Polícia
Ex-marido esfaqueia mulher em boate ao ver localização em rede social
Geral
Vídeo - Após mulher trocar senha do wi-fi, vizinhos apedrajam casa
Polícia
Homem toma arma de policial, troca tiros com outros e morre em telhado de casa
Internacional
Por engano, funcionário serve vinho de 5.100 euros a clientes