Menu
Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2024
Camara Maio24 - TV camara
Política

Movimento Judeu pede cassação de João Henrique

Deputado subiu à tribuna da Assembleia carregando biografia do ditador nazista Adolf Hitler na terça-feira (7)

08 março 2023 - 19h11Pedro Molina     atualizado em 08/03/2023 às 20h51

O movimento Judeus pela Democracia utilizou, nessa terça-feira (7), sua página oficial do Twitter para pedir a cassação do mandato do deputado estadual João Henrique Catan (PL). No mesmo dia, o deputado subiu à tribuna Assembleia Legislativa do Mato Grosso do Sul (Alems) carregando uma cópia do Mein Kampf, livro de Adolf Hitler.

“O mandato precisa ser cassado e o deputado, preso. Apologia ao nazismo no Brasil é crime e nazistas merecem cadeia”, disse o movimento em seu perfil na rede social.

Além de criticar a postura e pedir a prisão e cassação do mandato, o post ainda expôs o e-mail do deputado. “Seria uma pena se a caixa de emails dele acordasse amanhã cheia de elogios".

 

 

Discurso com Mein Kampf

O deputado estadual João Henrique Catan subiu ao plenário da Alems na terça-feira carregando uma cópia livro Mein Kampf, obra onde o ditador nazista Adolf Hitler detalha sua ideologia racista e antissemita.

"Aqui eu trago, senhor presidente, um livro que este parlamentar ficou com medo na sua viagem de retorno ao Brasil, senhor presidente. Fiquei com medo de entrar com esse livro no Brasil, porque à época um juiz talvez mais ditador do que Adolf Hitler suspendeu a entrada e as vendas do Mein Kampf, Minha Luta, Minha História, Minha Vida, de Adolf Hitler, onde aqui retrata suas estratégias para aniquilar, fuzilar, o parlamento e os direitos de representação popular”, disse o deputado durante seu discurso.

A fala veio durante a votação de um requerimento, que por orientação, recebeu votos contrários de deputados aliados da base do governo Estadual, algo que ele classificou como parecido com táticas utilizadas por Hitler durante a ditadura nazista.

Ao JD1, deputado afirmou que sua fala não passa de uma crítica aos demais deputados e um pedido para que a Alems se fortaleça.

“O Governo do Estado orientou sua base a votar contra um requerimento simples, que visava detalhar as contratações com cargos comissionados do estado. Coisa simples, da atividade fiscalizatória e devido exercício da atividade parlamentar. A citação foi justamente oposta a esse sentido, em crítica às estratégias de Hitler para anular o parlamento, corromper a democracia, até que colocou, por meio de infiltrado, fogo no parlamento alemão.

A crítica revela que a democracia no nível estadual está fragilizada, de maneira disfarçada, institucionalizada, legalizada pelo governador do Estado, pela coalisão, está entrando em autofagia, ao queimarem a independência do parlamento estadual. Ou seja, Hitler anulou o parlamento colocando fogo no prédio, o Governo do Estado de MS ateou fogo no parlamento estadual construindo sua base para que renunciem ao exercício e independência da atividade parlamentar.”

 

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Comissão da Câmara aprova moção de repúdio contra show da Madonna no RJ
Política
Comissão da Câmara aprova moção de repúdio contra show da Madonna no RJ
Projeto é de autoria do deputado Marcos Pollon (PL-MS)
Política
Câmara aprova projeto que veta acesso à benefícios para invasores de terra
Comissão do Senado aprova projeto para castração química
Política
Comissão do Senado aprova projeto para castração química
Sessão da Assembleia
Política
Deputados aprovam reajustes salariais do Judiciário, TCE e Defensoria
Plenário do Palácio Guaicurus, na Assembleia Legislativa
Política
Deputados votam reajuste de servidores do Tribunal de Justiça, de Contas e Defensoria
Sergio Moro
Política
Tribunal Superior Eleitoral rejeita pedidos de cassação de Sérgio Moro
Senado aprova o Programa Nacional de Vacinação em Escolas Públicas
Política
Senado aprova o Programa Nacional de Vacinação em Escolas Públicas
Ex-presidente Jair Bolsonaro com o ex-ministro general Walter Braga Netto
Política
Bolsonaro e Braga Netto tentam reverter inelegibilidade
Vereador Betinho (Republicanos), presidente da Comissão de Finanças e Orçamento
Política
Após acordo com a Prefeitura, prazo de entrega das emendas impositivas vai até junho
Sessão da Câmara Municipal de Campo Grande
Política
19 de maio: vereadores aprovam o Dia do Defensor Público em 2ª discussão

Mais Lidas

Rapper morr3 após atirar na cabeç4 ao gravar vídeo; assista
Geral
Rapper morr3 após atirar na cabeç4 ao gravar vídeo; assista
O motociclista foi carbonizado durante a colisão
Polícia
Pneu estourado teria causado acidente que matou motociclista carbonizado na BR-163
Motociclista morreu ao ser carbonizado durante acidente
Polícia
JD1TV AGORA: Motociclista morre carbonizado em acidente na BR-163, em Campo Grande
Francisco Cezário é alvo de operação do Gaeco em Campo Grande
Polícia
Francisco Cezário é alvo de operação do Gaeco em Campo Grande