Menu
Busca domingo, 21 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Política

No Parlasul, Nelsinho defende Rota Bioceânica

O senador defendeu o projeto no I Seminário Internacional sobre os Desafios Regionais

18 junho 2019 - 14h36Mauro Silva, com informações da assessoria

O senador Nelsinho Trad (PSD/MS) membro titular do Parlamento do Mercosul  participou na segunda-feira (17) do I Seminário Internacional sobre os Desafios Regionais para a Implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), em Montevidéu, no Uruguai.

No encontro Nelsinho Trad debateu sobre o Projeto da Rota Bioceânica, corredor que saí de Santos, passa por Mato Grosso do Sul e vai até Antofagasta (Chile) e liga o Atlântico ao Pacífico

 “Estou aqui para defender o nosso projeto, porque representa a redução de 8 mil quilômetros marítimos de distância entre o Brasil e os países asiáticos, também redução de 40% dos fretes e geração de economia e renda para Mato Grosso do Sul e para todo o País”, enfatizou.

Durante o encontro, que discute sobre as 17 metas globais estabelecidas pela Assembleia Geral das Nações Unidas, o senador e outros membros da comissão de Infraestrutura também discutiram sobre a organização do I Seminário de Integração de Infraestrutura de Transporte Ferroviário na América do Sul, previsto para o dia 12 de agosto, em Assunção, no Paraguai.

Potêncial de US$ 1,5 bilhão para MS

De acordo com o levantamento dos Ministérios das Relações Exteriores e de Infraestrutura e do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea), apresentado pelo senador Nelsinho, a nova opção rodoviária que passa por Mato Grosso do Sul e liga o Brasil ao Chile, por meio do Paraguai e Argentina, representa potencial para movimentar US$ 1,5 bilhão por ano em exportações de carnes, açúcar, farelo de soja e couros, para os outros países por onde o corredor passará e também para o mercado asiático.

“A Federação da Indústria do meu estado informou que esse volume de recursos equivale a mais de um quarto do total do faturamento com as exportações de Mato Grosso do Sul no ano passado, que foi de R$ 5,6 bilhões”, ressaltou.

1/4 colchões

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Licitação para construção da ponte na Rota Bioceânica é assinada
Política
Mandetta quer revigorar o SUS
Política
Reinaldo destaca a importância de Porto Murtinho na Rota Bioceânica
Política
Ramos afirma que pretende manter boas relações com parlamentares
Política
Presidente tucano assegura apoio a Marquinhos na capital
Política
Reinaldo vai à fronteira nesta sexta-feira
Política
"Governo não vai criar novos impostos", diz Bolsonaro
Política
Câmara define comissão para atuar durante o recesso
Política
Delegado da PF assume presidência da Funai, com apoio de ruralistas
Política
Tucanos discutirão estratégias para 2020 neste sábado

Mais Lidas

Polícia
Em grave acidente adolescente perde os pais e fica ferido
Polícia
Jovem é abordado por dupla e baleado na cabeça
Política
Delegado da PF assume presidência da Funai, com apoio de ruralistas
Polícia
Mulher tenta transportar droga em carro de aplicativo