Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
(67) 99647-9098
TJ MS maio20
Saúde

Abril será mês dedicado a doação de medula óssea em MS

Lei foi sancionada pelo Governador Reinaldo Azambuja na manhã desta quinta-feira (21)

21 maio 2020 - 14h14Flávio Veras, com informações do Governo de MS

A partir de 2021, o mês de abril será todo dedicado a campanhas de incentivo à doação de sangue e medula óssea em Mato Grosso do Sul. Entre as medidas da campanha, estão a iluminação com luzes vermelhas em prédios públicos e uma corrida com a intenção de divulgar a campanha e sensibilizar a população.

A lei foi sancionada e publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) pelo governador Reinaldo Azambuja e publicada nesta quinta-feira (21). Segundo o governo, a legislação determina que as ações de incentivo e conscientização, sejam feitas de modo integrado pelos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

Serão realizadas ainda palestras, atividades educativas e veiculação da campanha nas mídias. A corrida vai ser feita todos os anos, no segundo final de semana do mês de abril.

A lei é de autoria do presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALMS), Paulo Corrêa. Para o presidente a doação de sangue e medula óssea tem que se tornar um hábito, não apenas no mês de abril, mas durante todo o ano.

“Somente quem já presenciou ou viveu na pele a necessidade e a dificuldade de uma doação, sabe a importância e o significado desse gesto. Nesse sentido, a ação coordenada entre Poder Público e a sociedade civil colocará em pauta campanhas de incentivo a doação de sangue e medula óssea chamando a atenção de todos, órgãos do governo, entidades de classe, associações, sociedade civil organizada, para efetivamente, incentivar e concretizar essas ações”, justificou Paulo Corrêa.

Como doar

Mato Grosso do Sul está com estoque baixo para sangue O negativo e O positivo. Para doar, é necessário ter em mãos documento oficial com foto, estar bem alimentado e bem de saúde, ter mais de 55 quilos, e ter idade entre 16 e 69 anos. Doadores que tenham entre 16 e 17 anos, precisam estar acompanhados dos pais ou responsável legal.

O Hemosul fica na avenida Fernando Correa da Costa, 1304, no centro de Campo Grande, e atende de segunda à sexta-feira, das 7h às 17h, e aos sábados, das 7h às 12h. A demanda espontânea, de quem vai diretamente ao hemocentro, está sendo atendida normalmente, mas é possível também fazer o agendamento para evitar aglomeração e prevenir o contágio do novo coronavírus. As doações programadas possibilitam o planejamento e manutenção dos estoques.

Em Campo Grande, os telefones são: (67) 3312-1516 e (67) 3312-1529. Foi disponibilizado ainda o número (67) 99298-6316, exclusivamente para mensagens por whatsapp. Já no interior do Estado, é possível agendar a doação nos telefones fixos de cada unidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Idosa de 78 anos é a 18ª vítima fatal de coronavírus no MS
Saúde
Capital: Em menos de 4h, barreiras sanitárias abordam 1,5 mil veículos
Saúde
Empresa arrisca e faz vacina contra coronavírus em larga escala
Saúde
MS totaliza 1.100 casos; "temos que atuar convivendo com a doença", diz Riedel
Saúde
Saiba onde 16 pediatras e 44 clínicos atenderão pela manhã
Saúde
Brasil tem 23.473 mortes pelo novo coronavírus, diz ministério
Saúde
URGENTE - MS passa de mil casos de coronavírus
Saúde
Semana começa com 17 pediatras atendendo nesta manhã na capital
Saúde
Secretário de vigilância pede demissão do Ministério da Saúde
Saúde
Ministro do STF, Toffoli, tem sinais de infecção do coronavírus

Mais Lidas

Política
Prefeitos querem adiar eleições municipais para 2022
Geral
Ipê é oficialmente árvore símbolo do Estado
Justiça
“Quem desvia dinheiro público em meio à pandemia, é sociopata”, diz procurador-geral
Política
"Fui gado, comi capim", diz deputado ex-bolsonarista