Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
(67) 99647-9098
TJ MS maio20
Saúde

Aos 100 anos, veterano da 2ª Guerra Mundial vence coronavírus

Lloyd Falk ficou 58 dias internado em um hospital da Virgínia, no Estados Unidos

23 maio 2020 - 09h51Priscilla Porangaba, com informações da RedeTV

O veterano da Segunda Guerra Mundial, Lloyd Falk, de 100 anos, venceu o coronavírus após passar 58 dias em um hospital da Virgínia, no Estados Unidos.

Ele foi um dos primeiros pacientes a receber o dignóstico do vírus no hospital Henrico Doctors. O veterano foi internado em 24 de março, segundo um post da instituição em sua página no Facebook.

A esposa de Falk, de 74 anos, morreu do vírus algumas semanas antes. O hospital disse que, apesar de ter perdido a mulher, o idoso permaneceu forte no combate ao vírus e na sua sobrevivência.

A equipe de atendimento do hospital fez uma homenagem a Falk e sua falecida esposa quando ele deixou o hospital, na última quarta-feira (20), para continuar sua recuperação em casa e emocionou todos os presentes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Brasil tem 23.473 mortes pelo novo coronavírus, diz ministério
Saúde
URGENTE - MS passa de mil casos de coronavírus
Saúde
Semana começa com 17 pediatras atendendo nesta manhã na capital
Saúde
Secretário de vigilância pede demissão do Ministério da Saúde
Saúde
Ministro do STF, Toffoli, tem sinais de infecção do coronavírus
Saúde
Em dia recorde com 66 novos casos, MS totaliza 924 com coronavírus
Saúde
Confira onde 23 pediatras atenderão nesta manhã de sábado
Saúde
Vacina chinesa para a Covid-19 tem resultados iniciais seguros e induz a resposta imunológica em humanos
Saúde
Governo divulga lista dos 42 hospitais de MS que receberão R$ 3 milhões para combate ao coronavírus
Saúde
Coronavírus: saiba quais os estados mais e menos afetados

Mais Lidas

Polícia
Choque faz maior apreensão de maconha da capital: mais de 3t
Saúde
Brasil tem 23.473 mortes pelo novo coronavírus, diz ministério
Entrevista
Alexandre Magno, a nova voz do MP, ao vivo nesta terça
Política
Moro defende apuração de 'circunstâncias anormais' da exoneração de Valeixo