Menu
Busca terça, 14 de julho de 2020
(67) 99647-9098
TJMS julho20
Cidade

Posto Locatelli é autuado pelo Procon-MS por preços abusivos

Unidade da Mato Grosso foi autuada por vender gasolina antes do reajuste do ICMS pelo novo preço

13 fevereiro 2020 - 12h57Jônathas Padilha, com informações da assessoria

A Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS) autuou nesta quarta-feira (12) a unidade dos Postos Locatelli na avenida Mato Grosso por preço abusivo. Além do Locatelli, outros dois postos foram autuados pelo Procon.

Durante a manhã de hoje, o Procon-MS deflagrou uma fiscalização em cinco postos de gasolina em Campo Grande e autuou três deles por encontrar irregularidades nos preços dos combustíveis.

No posto Locatelli da Mato Grosso foi constatado pela equipe que foi aplicado o reajuste no Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS) sobre a gasolina estocada antes da liberação do aumento do tributo.

Os consumidores que ali passaram e abasteceram pagaram a gasolina comprada pelo preço anterior ao aumento do ICMS e vendida com o acréscimo, coisa que configura como crime.

No local, também foi constatado que não houve redução no preço do etanol. Diante das irregularidades, o superintendente do Procon, Marcelo Salomão, determinou o retorno dos valores praticados no dia anterior.

Marcelo Salomão comentou sobre a irregularidade feita pelo posto. “Não há como justificar o aumento do preço. O produto que está sendo comercializado já estava estocado, não foi adquirido hoje. Aqui, o tanque possui mais de 10 mil litros adquiridos anteriormente e armazenados. É importante considerar que, quando é para aumentar os preços, a ação ocorre da noite para o dia. Entretanto, se fosse para baixar, levaria muito mais tempo”, pontuou.

Produtos fora da validade

Além da fiscalização dos preços, foi verificada a validade dos óleos a venda na unidade e foi constatado que diversas estavam fora da validade. Assim todas foram descartadas e foi expedido outro auto de infração.

Continuação

A ação de fiscalização em Campo Grande continuará por toda a semana.

As fiscalizações contaram com o apoio da Delegacia do Consumidor (Decon) que trabalhará para expandir esse tipo de ação para o interior de Mato Grosso do Sul.

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Fumacê contra o Aedes Aegypti percorrerá seis bairros da capital
Cidade
Vídeo: a “bola de fogo” que deixou campo-grandenses intrigados
Cidade
Refis seguirá até 5 de agosto
Cidade
Prefeitura retoma higienização das ruas em 4 bairros nesta quinta-feira
Cidade
“Músicos podem trabalhar durante o dia”, diz Marquinhos
Cidade
Estado garante recursos para asfalto em ruas e avenidas da capital
Cidade
Marquinhos anuncia toque de recolher às 20 horas a partir de amanhã
Cidade
“Entrando na onda”: Shopping Campo Grande também realizará cinema drive-in
Cidade
Aeroporto terá novo acesso
Cidade
Prefeitura de Dourados decreta luto por morte de secretário de Agricultura Familiar

Mais Lidas

Geral
Carnaval no Rio pode acontecer só em junho
Saúde
Primeira no mundo? Rússia está concluindo vacina contra o coronavírus
Geral
Governo amplia prazo de redução de jornada e suspensões de contratos
Polícia
Mãe descobre estupro após criança dizer “o tio que colocou a pingola aqui”