Menu
Busca sexta, 19 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Clima

Umidade do ar é de 50%; bombeiros alertam: queimada é crime

A previsão é do Instituto de Meteorologia (Inmet) para Campo Grande nesta quinta-feira (11)

11 julho 2019 - 07h35Priscilla Porangaba, com informações do Inmet

A quinta-feira (10) começa com céu claro a parcialmente nublado e baixa umidade do ar à tarde na capital sul-mato-grossense, o que gera um alerta do  Corpo de Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul (CBM-MS) para o número de queimadas na capital.

O CBM-MS alerta para o número de queimadas neste período de seca onda umidade do ar é mais baixa: provocar incêndio em mata ou floresta pode dar prisão de dois a quatro anos, além de multa, diz a legislação.

Segundo informações do Instituto de Meteorologia (Inmet), a umidade relativa do ar máxima é de 50%, e exige cuidados com a saúde. Os termômetros registrem temperatura máxima de 29°C e a mínima deve ficar em 17°C. 

Confira algumas dicas para umidificar o ar em casa

As dicas servem para aliviar os problemas respiratórios causados pela queda da umidade do ar:

1. Beba bastante água. Um copo (200 ml) a cada duas horas é o ideal.

2. Toalhas úmidas ou recipientes com água pelos ambientes da casa ajudam nos dias extremamente secos.

3. Lave o nariz e os olhos com soro fisiológico pelo menos três vezes ao dia. Atenção: água da torneira não adianta, pois não é pura e contém cloro, o que irrita ainda mais as narinas.

4. Use hidratante para a pele ao acordar e na hora de ir dormir.

5. Para evitar rachadura nos lábios, principalmente se for ficar ao ar livre durante algum tempo, não se esqueça da boa e velha manteiga de cacau: é barata e infalível.

6. Evite fazer exercícios físicos entre as 10h e as 16h.

7. Finalmente, mas não menos importante, considere a compra de um bom umidificador de ar portátil para a casa.

Queimada é crime

O uso de fogo é crime previsto em lei e prevê sanções penais e administrativas para quem comete condutas e atividades lesivas ao meio ambiente.

Segundo a Corporação, a causa mais frequente dos focos de incêndio em áreas urbanas é a ação humana. Ou seja, as pessoas ainda têm o costume de utilizar o fogo para promover a limpeza de terrenos e pastagens, para promover a queima da alta vegetação ou de amontoados de lixos.

Apesar de costumeira, a ação é ilegal. Por isso, o Corpo de Bombeiros promove um intenso trabalho de fiscalização para coibir as queimadas urbanas nas cidades e pede: em casos onde haja o surgimento do foco de incêndio, o cidadão deve acionar o combate especializado pelo telefone 193.

As denúncias de queimada urbana podem ser feitas diretamente na Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Proteção ao Turista (Decat), localizada na Rua Sete de Setembro, 2.421, na Capital, ou pelo telefone (67) 3325-2567.

No local, existe um plantão 24 horas para atender o cidadão.

Já para casos de ocorrência de fogo em terrenos sem autorização ambiental e com autor conhecido podem ser denunciado ao Batalhão de Polícia Militar Ambiental (PMA), que está localizado na Avenida Mato Grosso, Jardim Veraneio, em Campo Grande, ou pelo telefone (67) 3357-1501.

 

1/4 colchões

Deixe seu Comentário

Leia Também

Clima
Dia começa claro e fica nublado na capital, segundo Inmet
Clima
Capital terá céu claro com períodos parcialmente nublado
Clima
Terça-feira terá névoa seca com mínima de 16ºC na capital
Clima
Temperaturas caem e máxima é de 25ºC na capital, diz Inmet
Clima
Temperaturas tendem a cair durante a semana na capital
Clima
Inmet alerta para baixar umidade do ar de 40%
Clima
Domingo será de sol em Mato Grosso do Sul
Clima
Temperatura pode chegar a 30ºC na capital, segundo Inmet
Clima
Frio dá trégua e próximos dias serão de sol na Capital
Clima
Capital terá baixa humidade do ar; MS registra mínima de 5ºC

Mais Lidas

Justiça
Rigo entra com recurso baseado em decisão de Toffoli
Geral
Jovem perde perna em acidente e pede ajuda em "Vaquinha Solidária"
Geral
Quatro capivaras amanhecem mortas próximo ao shopping
Polícia
Incêndio criminoso deixa pelo menos 16 mortos