Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Cultura

Mostra de Cinema Italiano é atração de outubro do CineMIS da Fundação de Cultura

10 outubro 2013 - 11h34Via Notícias MS
A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul exibe de 14 a 18 de outubro (segunda a sexta), sempre a partir das 19 horas no Museu da Imagem e do Som, filmes gratuitos da Mostra Cinema Italiano. A mostra faz parte do projeto CineMIS e conta este mês com a parceria com Circolo Italiano Guglielmo Marconi.

Responsável pela escolha dos filmes da Mostra de Cinema Italiano do Cine MIS em março de 2012, Pietro Luigi é novamente curador este ano e selecionou filmes de importantes nomes do cinema italiano como Luchino Visconti, Bernardo Bertolucci e Vittorio de Sica, além de um representante das gerações mais novas, mas nem por isso menos talentoso, Nanni Moretti, que presidiu em 2012 o corpo de jurados do 65º Festival de Cannes.

A Mostra Cinema Italiano traz ao público uma seleção de filmes de várias gerações de diretores que vão desde a década de 1950 (“Belíssima” de Luchino Visconti), passando por 1960 (“Rocco e seus irmãos” de Luchino Visconti e “Antes da Revolução” de Bernardo Bertolucci) e 1970 (“Os Girassóis da Rússia” de Vittorio de Sica), chegando até 2006 (“O Crocodilo” de Nanni Moretti).

Embora as produções sejam de períodos diferentes, possuem uma qualidade reconhecida por meio de premiações internacionais: Luchino Visconti, vencedor de três estatuetas do Oscar de Melhor filme estrangeiro, um deles com “Ladrões de Bicicleta”, um dos filmes mais importantes do neorealismo italiano; Outro destaque é Bernardo Bertolucci, com três indicações ao Oscar, tendo ganhado uma estatueta com “O último imperador” (1987), cuja obra mais famosa é o filme “Último tango em Paris” (1972).

Os filmes apresentados dão um panorama da produção italiana pouco conhecida do grande público, mas nem por isso menos importante. Nos filmes mais antigos como “Belíssima” (1951) e “Rocco e seus irmãos” (1960) há a estética do movimento neorealismo italiano, que propunha uma representação fidedigna da sociedade em crise no pós-guerra e de temática engajada. Já os filmes “Antes da Revolução” (1964) e “Os Girassóis da Rússia” representam um período diferente, da revolução sexual e da contra cultura, movimentos que mudaram os rumos políticos, estéticos e sociais e são pano de fundo para o desenrolar dos roteiros. “O Crocodilo” (2006), que é o filme mais recente da mostra, é uma produção mais contemporânea e traz a crítica social aliada à comédia leve.

Confira os filmes que serão exibidos:

14 de outubro (segunda–feira)
Rocco e seus irmãos (Rocco e i suoi Fratelli) - A viúva Rosaria (Katina Paxinou) se muda de Milão para Lucania com seus quatro filhos. Vincenzo (Spiros Focás), o quinto filho, já vivia em Milão. A família enfrenta vários problemas de início, mas seus integrantes sempre buscam algo com o que se ocupar. Simone (Renato Salvatori) é boxeador, Rocco (Alain Delon) trabalha como faxineiro e Ciro (Max Cartier) apenas estuda. É quando surge Nadia (Annie Girardot), uma prostituta que tem um caso com Simone e também com Rocco, quando ele deixa o serviço militar. A disputa pela mesma mulher faz com que os irmãos entrem em conflito.
Direção: Luchino Visconti (Drama, 169min, 1960); Elenco: Alain Delon, Renato Salvatori, Annie Girardot.

15 de outubro (terça–feira)
Belíssima (Bellissima) - Um diretor de cinema esta selecionando uma atriz mirim para o filme que rodará na Cinecittà, em Roma. Atendendo ao anúncio, uma mãe cinéfila leva a menina para disputar o papel, mas a pequena Maria é feia e desajeitada. Ao ver os produtores caçoando da garota, a mãe, Madalena Cecconi, fica possessa e faz de tudo para que sua filha, a pequena Maria, torne-se estrela de cinema, e vença o concurso que apontará a protagonista do filme.
Direção: Luchino Visconti (Drama, 100min, 1951), Elenco: Anna Magnani, Walter Chiari, Tina Apicella.

16 de outubro (quarta–feira)
O Crocodilo (Il Caimano) - Completamente falido e enfrentando uma crise no casamento, o produtor de filmes B Bruno Bonomo (Silvio Orlando) decide apostar em um roteiro entregue a ele por Teresa (Jasmine Trinca), uma cineasta iniciante. Ele não se dá conta, a princípio, que a história é baseada na figura do primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi, o que vai tornar sua busca por recursos para completar a produção uma tarefa muito difícil.
Direção: Nanni Moretti (Comédia/Drama, 112min, 2006); Elenco: Silvio Orlando, Marguerita Buy, Elio De Capitani.

17 de outubro (quinta-feira)
Antes da Revolução (Prima della rivoluzione) - O filme trata da desilusão política da juventude dos anos 60. Decepcionado com o comunismo e consigo mesmo, Fabrizio, jovem italiano, renega a burguesia, mas não se rende ao movimento revolucionário, vivendo um amor turbulento com sua tia.
Direção: Bernardo Bertolucci (Drama, 112min, 1964); Elenco: Francesco Barilli, Adriana Asti, Cristina Pariset.

18 de outubro (sexta–feira)
Os Girassóis da Rússia (I Girasoli) - Ao fim da Segunda Guerra Mundial Giovanna (Sophia Loren) se recusa a aceitar que o marido (Marcello Mastroianni) tenha morrido em combate na Rússia. Ela decide então viajar em busca de seu paradeiro. Das paisagens russas (até então pouco vistas em produções ocidentais) à trilha sonora de Henry Mancini, passando pela presença de duas grandes estrelas do cinema italiano, “Os Girassóis da Rússia” carrega a marca dos espetáculos épicos e grandiosos.
Direção: Vittorio de Sica (Drama, 101min, 1970); Elenco: Sophia Loren, Marcello Mastroianni, Lyudmila Saveleyva.

Serviço
A Mostra Cinema Italiano do CineMIS acontece de 14 a 18 de outubro (segunda a sexta) sempre a partir das 19 horas no Museu da Imagem e do Som, que fica na Avenida Fernando Correa da Costa, 559, Memorial da Cultura, 3º andar. Outras informações pelo telefone (67) 3316-9178 ou pelo e-mail [email protected] A entrada é gratuita.
Rota do Pantanal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Acontece hoje a 1ª Parada online da Cidadania e do Orgulho LGBTQIA+/MS
Cultura
Feira Central “ressuscita” apresentações musicais nesta quinta
Cultura
Júlio Cocielo se tornou réu na Justiça de São Paulo sob acusação de racismo
Cultura
"Posso ver meus filhos novamente" diz Wesley Safadão após resultado negativo do exame da covid-19
Cultura
Toots Hibbert, a lenda do reggae, morre aos 77 anos na Jamaica
Cultura
Lives: Maiara e Maraísa e Marcos e Belutti agitam esta sexta
Cultura
DJ Danilo Bachega comemora 25 anos de carreira com remix de Lulu Santos
Cultura
Jads e Jadson fazem live hoje
Cultura
Autocine deste domingo tem atração para criançada e com “A raposa má”
Cultura
Carnaval de Corumbá entra para o calendário oficial de MS

Mais Lidas

Polícia
Recém-nacido é encontrado morto e nu dentro de saco plástico
Geral
Outubro pode começar sem toque de recolher
Saúde
MS registra mais 638 casos e 15 mortes pelo coronavírus
Geral
Vídeo: "Homem enfiando no c* do outro não é de Deus”, diz mulher ao ameaçar casal gay