Menu
Busca terça, 20 de outubro de 2020
(67) 99647-9098
Sebrae/mulher
Cultura

Prefeitura dá novo destino ao antigo albergue

05 junho 2012 - 09h34Denilson Secreta

Um dos prédios mais tradicionais de Campo Grande, que por décadas abrigou o albergue da cidade, situado na Avenida Afonso Pena, irá passar por uma reforma completa para se tornar sede da Casa de Ensaio, uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip), que irá oferecer diversos cursos pra jovens e adolescentes. A obra será custeada pela empresas Vanguard e Plaenge, como medida compensatória pela construção de prédios na Região Urbana do Centro.

A assinatura dá ordem de serviço pelo prefeito Nelson Trad Filho ocorreu na tarde desta segunda-feira (4), no local. Pelo compromisso firmado com as empresas, serão recuperados os 400 metros quadrados de área hoje existente e construídos outros 100 metros quadrados.

Casa de Ensaio
Segundo a diretora da Casa de Ensaio, Carol Doria, o local trabalha há 16 anos com crianças e adolescentes de regiões periféricas da cidade, que vivem em situação de vulnerabilidade social. Desde a fundação, já atendeu aproximadamente três mil jovens e, atualmente, 90% da equipe são formados por ex-alunos.

“Quero agradecer a Prefeitura e a Plaenge, a todos os alunos e familiares que estão hoje aqui e aos meus pais, Laís Doria e Artur Barros que me estimularam a seguir com este trabalho, iniciado por ambos. Estou à frente deste trabalho somente há três meses, porém vivo no projeto desde meus 15 anos. Atendemos atualmente 120 crianças e adolescentes e sobrevivemos da ajuda de patrocínios de pessoas físicas e jurídicas, que se identificam com a causa, acreditando na prevenção de vidas por meio da arte”, detalhou a comunicadora social e artista cênica.

Segundo a direção da Casa, o objetivo principal é formar cidadãos mais conscientes, utilizando a arte como ferramenta de transformação, por meio de atividades nas mais diversas áreas: teatro, voz, dança, percussão, literatura, cinema e artes plásticas. “Oferecemos aulas de segunda a sexta-feira e possuímos um acervo de 2.500 livros. Procuramos incentivar todas as expressões. Para se ter uma ideia, temos atualmente 277 livros emprestados em nossa biblioteca. Isso é muito bom, incentivar a leitura”, reforçou Carol.

Via CG Notícias

pax nacional

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Ângelo Arruda lança livro de poesias e CD nos dias 21 e 30 de outubro
Cultura
Em comemoração aos 43 anos de MS, Fundação de Cultura realiza show no Parque das Nações
Cultura
Vídeo: Primeiro show ao vivo com público durante a pandemia
Cultura
Decreto que regulamenta Lei Aldir Blanc em MS é publicado no Diário Oficial
Cultura
Acontece hoje a 1ª Parada online da Cidadania e do Orgulho LGBTQIA+/MS
Cultura
Feira Central “ressuscita” apresentações musicais nesta quinta
Cultura
Júlio Cocielo se tornou réu na Justiça de São Paulo sob acusação de racismo
Cultura
"Posso ver meus filhos novamente" diz Wesley Safadão após resultado negativo do exame da covid-19
Cultura
Toots Hibbert, a lenda do reggae, morre aos 77 anos na Jamaica
Cultura
Lives: Maiara e Maraísa e Marcos e Belutti agitam esta sexta

Mais Lidas

Geral
Energisa rebate Procon e fala em reclamações improcedentes
Internacional
Jovem é presa tentando entrar com dinamite em presídio onde estão membros do PCC
Política
Ibope - Gestão de Marquinhos tem 52% de aprovação e 16% de rejeição
Política
Projeto do marco legal das startups é encaminhado ao Congresso