Menu
Busca quinta, 16 de setembro de 2021
(67) 99647-9098
Gov - Estado que Cresce (set21)
Esportes

Corinthians tira nome de Spider de equipe, vê MMA maduro e aposta em Cigano

26 julho 2013 - 10h52Via Uol
Um mês depois do anúncio do fim da parceria com Anderson Silva, o Corinthians resolveu o futuro do seu MMA. A partir de agora, o projeto seguirá praticamente inalterado, mas sem levar o nome de um lutador específico, como acontecia nos tempos do Spider. Para o clube, é uma mostra de como o esporte está maduro internamente.

“Quando começou o contato com o Anderson, o marketing do clube pediu que a equipe de MMA tivesse o nome dele. Para um esporte novo, era importante ter o Anderson para passar credibilidade ao nosso time”, explicou João Guilherme, diretor de MMA do clube.

Até encerrar o contrato com o ex-campeão dos médios do UFC, o Corinthians tinha a Academia Anderson Silva de MMA e o time Anderson Silva Corinthians MMA. Sem ele, o clube poderia substitui-lo por Júnior Cigano, ex-dono do cinturão dos pesados e ainda atleta alvinegro. O Corinthians prefere, no entanto, seguir sua vida na modalidade sem um “parceiro de peso”.

“O MMA passou a ser uma modalidade esportiva no clube, e não só uma atividade. O clube em si já nos enxerga como um formador de atletas. A não utilização de um nome como o do Cigano é porque já estamos inseridos no mercado”, disse João Guilherme.

Anderson Silva foi muito mais que um atleta para o MMA do Corinthians. Quando a parceria foi formada, o clube sequer tinha uma academia montada para receber os treinos do astro, que escolheu todos os profissionais que cuidariam do trabalho. Segundo João Guilherme, toda essa estrutura montada segue inalterada.

Até Ramon Lemos, técnico de Anderson Silva, continuará como coordenador-técnico do projeto alvinegro, embora se ausente nas preparações de lutas de Cigano e do próprio Spider.

A grande diferença para os tempos de Anderson Silva deve ser a ativação do patrocínio do Corinthians, que também busca alguma visibilidade em troca dos investimentos feitos. Maior estrela do MMA no Brasil, o Spider tinha muitos compromissos publicitários, uma agenda lotada e não conseguia atender a todos os pedidos alvinegros.

Além de ter a rotina mais maleável, Cigano ainda tem um contrato diferente com o Corinthians. Quando fechou com o peso-pesado, o clube já tinha a sua academia pronta no Parque São Jorge e, por isso, conseguiu colocar no compromisso algumas obrigações que o Spider não tinha.

Também por isso, pôde fazer ações como aquela que ganhou repercussão na internet há duas semanas, quando Cigano fez um vídeo promocional com o lateral Alessandro. “Com ele nós podemos pedir uma participação maior, é um pouquinho mais fácil. O Anderson tem um tratamento mais diferenciado, então as coisas são um pouquinho mais burocráticas”, disse João Guilherme, que disse fazer um balanço positivo da parceria com o Spider.
Unica - inverno

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Atletas da capital vão representar MS em Campeonato Jiu-Jitsu
Esportes
Yeltsin Jaques "fez história na Paralimpíadas de Tóquio", diz Rose Modesto
Esportes
Yeltsin Jacques é recepcionado pelo Corpo de Bombeiros no Aeroporto nesta terça-feira
Esportes
Tóquio 2020: Cerimônia de encerramento encanta com a beleza da diversidade
Esportes
Anvisa paralisa jogo Brasil x Argentina e jogadores poderão ser deportados
Esportes
Campeonato Brasileiro de Handebol acontece de 03 a 07 de setembro em MS
Esportes
MS recebe Campeonato Brasileiro de Handebol neste fim de semana e feriado
Esportes
Primeiro ouro de parataekwondo da história vai para brasileiro
Esportes
Brasil enfrenta Chile pelas Eliminatórias da Copa do Catar
Esportes
Yeltsin Jacques quebra recorde e conquista o 100º ouro do Brasil em Paralimpíadas

Mais Lidas

Polícia
Corpo é encontrado esquartejado em sacos de lixo
Geral
Ao vivo: Bebê transmite mãe tomando banho no Facebook
Polícia
Jovem é presa por morder enfermeira na UPA do Coronel Antonino
Polícia
Mulher agredida com barra de ferro em espetinho no Aero Rancho contesta versão dada pelo dono