Menu
Busca quinta, 24 de junho de 2021
(67) 99647-9098
Governo - Feminicidio
Esportes

Dirigente da F1 brinca com Kimi: 'mais rápido bêbado que outros sóbrios'

19 setembro 2013 - 10h32Via Terra
Campeão mundial Fórmula 1 em 2007, Kimi Raikkonen demonstra dentro das pistas por que é tido como um dos pilotos mais talentosos de sua geração na categoria mais importante do automobilismo mundial. Entretanto, o finlandês também mostra comportamento curioso durante as corridas e em sua vida pessoal, tendo inclusive já concedido entrevistas alterado por conta de bebidas alcoólicas. E, nesta quinta-feira, o chefe de equipe da Scuderia Toro Rosso, Franz Tost, elogiou de maneira bem humorada o competidor.

"Se eu fosse a Ferrari, também contrataria o Kimi. É um dos pilotos mais talentosos, mesmo que às vezes fique bêbado", brincou o dirigente. "No entanto, parece que é mais rápido bebendo do que outros que ficam sóbrios. Estou brincando, mas quero dizer que ele está no auge da forma física, o pescoço dele parece o de um touro. Isso vem de algum lugar, não só de uma garrafa", completou.

Aos 33 anos, Raikkonen compete na Fórmula 1 desde 2001, tendo passado afastado da categoria os anos de 2010 e 2011 para correr no Mundial de Rali. Em sua trajetória, o finlandês passou por Sauber, McLaren, Ferrari e Lotus, onde está desde o início de 2012. Na escuderia italiana, inclusive, o piloto conquistou o título da temporada 2007, quando era parceiro de equipe de Felipe Massa.

Nesta temporada, Raikkonen ocupa a quarta colocação na tabela de classificação do Mundial com 134 pontos, venceu uma corrida e chegou seis vezes ao pódio. O atual tricampeão Sebastian Vettel lidera a disputa, com 222 pontos, seguido por Alonso, com 169 pontos, e Hamilton, com 141 pontos. Ao todo, o finlandês soma 20 triunfos e 75 pódios na categoria.

Apesar dos bons resultados conquistados pela Lotus nos últimos anos, o piloto já acertou contrato com a Ferrari para próxima temporada. Kimi Raikkonen substituirá Massa e terá como companheiro Fernando Alonso, um de seus principais rivais em seu auge pela escuderia italiana e também pela McLaren.

"A Ferrari contará com dois pilotos muito fortes e isso é muito bom para o Mundial de Construtores. Kimi pode dar um empurrão no time. Não digo que Massa não esteja trabalhando bem, mas Raikkonen é campeão. Essa é a diferença", encerrou Tost.
Vai di Vinho

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Capital será mais um polo do Centro de Referência Paralímpico Brasileiro
Esportes
Copa América registra 140 casos de covid-19, diz Conmebol
Esportes
Flamengo e Bragantino Invictos, duelam neste sábado em partida única do Brasileirão
Esportes
Vídeo: Lucas Lima é flagrado em festa clandestinas e é cobrado por torcedores do Palmeiras
Esportes
Ministério da Saúde confirma 41 casos de covid-19 na Copa América
Esportes
Covid: 5 Jogadores da Venezuela escalados para Copa América testam positivo
Esportes
"Somos contra a organização da Copa América", criticam jogadores da Seleção em texto
Geral
STF pode barrar realização da Copa América no Brasil
Esportes
Copa América: jogadores farão testes de covid-19 a cada 48 horas
Esportes
Bolsonaro quer Renato Gaúcho e articula para a demissão de Tite

Mais Lidas

Polícia
Mãe confessa que matou bebê de 5 meses afogada, em Campo Grande
Polícia
Bebê de 5 meses foi morta afogada, porque mãe drogada queria tirar 'chip da besta'
Polícia
Bebê de 5 meses morre após suspeitas de violência sexual, em Campo Grande
Polícia
Com câncer em estado avançado, idoso comete suicídio na varanda de casa