Menu
Menu
Busca segunda, 22 de abril de 2024
TJMS Abril24
Geral

Após condenação, moradores de Juazeiro cobram retirada da estátua de Daniel Alves

Obra inaugurada em 2020 já foi vandalizada duas vezes; jogador foi condenado a 4 anos e meio de prisão por agressão sexual

23 fevereiro 2024 - 14h07Brenda Leitte    atualizado em 23/02/2024 às 14h07

Moradores da cidade de Juazeiro, no norte da Bahia, cobraram da prefeitura do município, por meio das redes sociais, a retirada da estátua do ex-jogador Daniel Alves. Homenageado em 2020, o jogador foi condenado a 4 anos e meio de prisão por agressão sexual. A decisão cabe recurso para ambas as partes.

A obra, produzida pelo artista plástico Leo Santana, exibe o jogador, em tamanho real, com a camisa da Seleção Brasileira e uma bola nos pés.

Segundo informações do portal ge, a Prefeitura de Juazeiro informou que vai aguardar o trânsito em julgado (decisão definitiva) para definir o que vai fazer sobre a estátua e não irá se posicionar até a conclusão do processo.

Desde a prisão do jogador, a estátua foi vandalizada por moradores da cidade ao menos duas vezes. Em uma destas ocasiões, Ney Alves, irmão de Daniel, defendeu o jogador por meio das redes sociais.

Condenado

Além do tempo na prisão, a Daniel Alves foi imposto um período de 5 anos em liberdade vigiada, a ser cumprido depois da pena na prisão. Ele deve se manter afastado da casa ou do local de trabalho da vítima por pelo menos um quilômetro e não entrar em contato com ela. O jogador também deve pagar uma indenização de 150 mil euros (R$ 805 mil) por danos morais e físicos e arcar com as custas do processo.

Os advogados da vítima haviam pedido pena máxima para o jogador, de 12 anos. A promotoria do caso pedira nove anos de prisão.

A defesa de Daniel Alves queria a absolvição do lateral. Os advogados do brasileiro pediram que fossem aplicados como atenuantes: intoxicação alcoólica, reparação de dano via pagamento de 150 mil euros (R$ 801 mil), e violação do direito fundamental do acusado – a defesa alegou que houve uma investigação inicial sem conhecimento do atleta. No entanto, no texto da sentença, apenas o pagamento da multa foi aceito como atenuante.

Na Lei Espanhola, “agressão sexual” é o termo que abarca todos os delitos de conteúdo sexual. Daniel Alves cumpre prisão preventiva há 13 meses, desde o dia 20 de janeiro de 2023. O lateral está preso no Centro Penitenciário Brians 2, nos arredores de Barcelona.

 

JD1 No Celular

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp. Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no IOS ou Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pacote de obras de Riedel destinará quase R$ 4 bilhões a municípios
Geral
Pacote de obras de Riedel destinará quase R$ 4 bilhões a municípios
Leniel Borel, pai do menino Henry, tem filha três anos após morte do filho
Geral
Leniel Borel, pai do menino Henry, tem filha três anos após morte do filho
Dona do 'BK' apresenta proposta para compra da operação do Starbucks no Brasil
Geral
Dona do 'BK' apresenta proposta para compra da operação do Starbucks no Brasil
Deadpool e Wolverine
Geral
Marvel lança trailer oficial de "Deadpool & Wolverine"; assista
Defensoria terá Van dos Direitos na aldeia Guató em Corumbá até sexta-feira
Geral
Defensoria terá Van dos Direitos na aldeia Guató em Corumbá até sexta-feira
Imagem ilustrativa
Justiça
STF 'derruba' lei de MS que facilitava acesso ao porte de arma
Para o deputado Gerson Claro, MS está na "vanguarda na ressocialização dos encarcerados"
Geral
Em inauguração de reforma em escola, Gerson destaca trabalho de reeducandos
Assembleia e OAB-MS integram Grupo de Trabalho que discute reforma tributária
Geral
Assembleia e OAB-MS integram Grupo de Trabalho que discute reforma tributária
Prefeitura de Campo Grande
Cidade
Prefeitura abre chamamento público para projeto de R$ 2,3 milhões destinado à pessoa idosa
Presídio de Segurança Máxima em Campo Grande
Justiça
Promotoria quer mais 'rigidez' na apuração de faltas disciplinares em presídios de MS

Mais Lidas

AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Polícia
AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Emocionados, vários miliares acompanharam o velório do Capitão
Polícia
Velório de Capitão do Choque arrancou lágrimas até dos mais "durões"
Capitão Leonardo Mense partiu durante a noite de sábado (21)
Polícia
'Imenso legado': Capitão Mense é homenageado por autoridades e instituições de MS
JD1TV: Mulher morre ao ser atropelada várias vezes pelo namorado na Capital
Polícia
JD1TV: Mulher morre ao ser atropelada várias vezes pelo namorado na Capital