Menu
Busca sábado, 04 de abril de 2020
(67) 99647-9098
TJMS Topo
Geral

Aulas perdidas em academias deverão ser repostas após quarentena, diz Procon-MS

Consumidor deve manter créditos com entidades para utilizar após autorizado o reinício das atividades

26 março 2020 - 08h31Priscilla Porangaba, com informações da assessoria

Para entrar em um acordo entre às academias de exercícios físicos e os clientes sobre o contrato de serviços durante a interrupção das atividades para evitar a disseminação do Coronavirus a Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon-MS) se reuniu com presidentes de associações que representam os profissionais  do setor e com o presidente da  Fundação de Desporto e Lazer  de Mato Grosso do Sul (Fundesporte) Marcelo Miranda.

Após várias discussões, foi concluído que a melhor saída é orientar as pessoas a manterem os créditos com as entidades para utilização após ser autorizado o reinício das atividades prestadas pelas academias, além das reposições das aulas perdidas.

Os casos especiais devem ser tratados individualmente, garantindo o direito do consumidor. Para Marcelo Salomão, superintendente do Procon-MS é necessário ter bom senso. "Uma vez que não se pode responsabilizar ninguém pela interrupção de serviços, a melhor saída é o entendimento. Temos que levar em conta o estado de calamidade que se instalou e, além disso, cabe a todos nós colaborar para a manutenção dos empregos”,explicou.

Salomão esclarece que as academias devem oferecer 100% do contrato firmado aos consumidores após o período de isolamento social, para que os consumidores não tenham prejuízos na relação contratual.

Além do superintendente do Procon-MS, participaram da reunião o diretor presidente da Fundesporte, Marcelo Miranda,  o presidente do Conselho Regional de  Educação Física (Cref 11), Joacyr Lima de Oliveira Júnior; Arethusa Mussi Salomão de Avelar, representando a Associação Brasileira de Academias (ACAD);  Renato Furlaneto Bernardinis presidente da Associação das Academias de Mato Grosso do Sul e, Diego B. de Souza, empresário do ramo de academias em Campo Grande.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Caixa lançará aplicativo para cadastro em renda emergencial na terça
Geral
Coronavírus: Casais só poderão se divorciar em junho na Rússia
Geral
Ajude a encontrá-la: Letícia Praeiro sumiu há dois dias no Cohab
Geral
Uems realizará campanha de doações à famílias vulneráveis
Geral
Detran muda calendário e prorroga o vencimento da taxa de licenciamento
Geral
Você viu Reinaldo? Idoso desapareceu de casa há cinco dias
Geral
Mistura de arroz com feijão na mesa dos brasileiros cai 40% em 15 anos
Geral
Fux suspende dívida da prefeitura do Rio com BNDES por coronavírus
Geral
Zeca Pagodinho diz estar sem paciência longe dos botequins, mas pede respeito à quarentena
Geral
Motociclista é encontrado morto depois de cair em barranco

Mais Lidas

Saúde
MS registra 62 casos de coronavírus
Polícia
Após seis boletins contra ex-marido, mulher é morta com tiro na cabeça
Geral
Caixa lançará aplicativo para cadastro em renda emergencial na terça
Oportunidade
UEMS abre seleção em cursos na modalidade à distância para professores