Menu
Busca segunda, 01 de junho de 2020
(67) 99647-9098
Geral

Bebê é identificado um mês após tragédia de Brumadinho

Pai e tia também morreram no rompimento da barragem da Vale

28 fevereiro 2019 - 19h58Da redação com Uol

O corpo de Heitor Prates Máximo da Cunha, de um ano e seis meses, foi identificado pela Polícia Civil de Minas Gerais. O bebê está entre os 186 mortos confirmados do rompimento da barragem da Vale, no dia 25 de janeiro, em Brumadinho. Estão desaparecidas 122 pessoas.

Na manhã desta quinta-feira (28), o nome do menino foi incluído na lista divulgada pela Polícia Civil. Conforme o avô da criança, após a identificação, o enterro foi realizado na terça-feira (26).

O pai do bebê Robson Máximo Gonçalves, e a tia Pâmela Prates da Cunha, que morreram na tragédia, também já tiveram os corpos enterrados.

O casal, a criança e Pamela Prates da Cunha, 13 anos, e irmã de Paloma, estavam em casa assistindo televisão no momento em que a casa foi devastada pela lama.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Mapa do Feminicídio é lançado nesta segunda e mostra dados alarmantes
Geral
Detran volta a aplicar exames práticos e teóricos no interior do MS
Geral
Governo de MS cria comitê para planejar retomada pós pandemia
Geral
Dois ganhadores da Nota MS Premiada levarão R$ 50 mil, cada
Geral
Mães menores de idade já podem pedir auxílio emergencial
Geral
Caixa libera saques e transferências da 2ª parcela para nascidos em fevereiro
Geral
Familiares de vítima do coronavírus lamentam enterro sem despedida na capital
Geral
Balada não seguiu normas de segurança, mostra vídeo de leitor
Geral
Riedel sinaliza que objetivo agora é a Lei Kandir
Geral
Sorteio da Nota MS Premiada ocorre neste sábado

Mais Lidas

Brasil
Mandetta quer mudar ou sair de "quarentena"
Cidade
Grupo antifascista organiza protesto em Campo Grande
Geral
Mapa do Feminicídio é lançado nesta segunda e mostra dados alarmantes
Polícia
Fábio Trad usa as redes para apoiar manifestações de torcidas contra Bolsonaro