Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
Gov 44 anos
Geral

Bernal perde no STF, segue inelegível e sem mandato

O ex-prefeito tenta suspender decisão para assumir vaga na Câmara Federal

18 fevereiro 2019 - 11h52Da redação

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Roberto Barroso, negou mais um recurso do ex-prefeito de Campo Grande, Alcídes Bernal (PP), que tenta suspender o efeito da decisão da Corte que o tornou inelegível.

Bernal tenta assumir a vaga da deputada federal licenciada, Tereza Cristina (DEM) hoje, ministra no governo de Bolsonaro. Bernal também concorreu a uma das vagas na Câmara e teve 46.734 votos ficando na segunda suplência de Tereza. Ele assumiria a vaga da ministra já que o primeiro suplente, Geraldo Rezende, foi para a Secretaria de Estado de Saúde (SES). Como o ex-prefeito ficou inelegível, não pode ocupar a vaga que hoje está com a terceira suplente, Bia Cavassa (PSDB).

Em 2014, o TSE tornou Bernal inelegível em função da sua cassação no cargo prefeito da capital. No mesmo ano, ele tentou uma vaga no Senado e em 2016, se candidatou novamente a prefeito. Nas duas oportunidades ele não foi eleito.

A decisão do ministro Barroso foi publicada no site do STF no último sábado (16). Veja:

Unica - primavera

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
AJUDA: Casa que abriga mais de 70 animais é destelhada com temporal no Seminário
Geral
JD1TV: Funcionário do Carrefour de Campo Grande é humilhado por gerente
Geral
JD1TV: Motociclista cai após ficar em pé em moto em movimento
Geral
Cartórios de MS começam a receber denúncias de violência contra a mulher
Geral
Menina que sonha em ser policial tem surpresa de militares em aniversário na capital
Geral
Bolsonaro propaga Fake News sobre a vacina e tem live removida do Facebook
Geral
Licenciamento de veículos com placa final zero deve ser pago até sexta
Geral
Trabalho remoto foi mais recorrente para quem tinha curso superior
Geral
Morre Odilson Arruda Soares, ex-prefeito de Bonito
Geral
Ninguém acerta a Mega-Sena e próximo concurso deve pagar R$ 33 milhões

Mais Lidas

Internacional
Mulher mata marido a machadadas após o flagrar estuprando sua filha de 5 anos
Vídeos
JD1TV: Corna vai tirar satisfação com amante do marido e 'pau come' solto
Polícia
Em uma noite, polícia atende três ocorrência envolvendo suicídio
Geral
JD1TV: Funcionário do Carrefour de Campo Grande é humilhado por gerente