Menu
Busca segunda, 28 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Geral

Com produtos vencidos, Walmart é autuado pelo Procon pela quarta vez

Em um ano, os maiores problemas são prazos de validade expirados, produtos impróprios para o consumo e a diferença nos preços

04 fevereiro 2019 - 15h39Marcos Tenório, com informações Procon

Uma ação realizada na última sexta-feira (1º) pela equipe de fiscalização da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon-MS) que flagrou inúmeras irregularidades que, em última análise, resultariam em prejuízo para o consumidor, na loja do Walmart Brasil Ltda, em Campo Grande.

Está é a quarta vez em 12 meses que a empresa é notificada pelo Procon Estadual por descumprimento às boas práticas de comercialização de produtos considerados essenciais para a população, segundo levantamentos da agência.

Os maiores problemas são decorrentes a prazos de validade expirados, produtos impróprios para o consumo e a diferença dos preços que são divulgados nos tablóides e que são cobrados nos caixa.

Os produtos fora do prazo que ficaram expostos para que os clientes comprassem, são 49 unidades de tempero para carnes, 33 pacotes de biscoitos diversos, 17 unidades de cookies além de vários outros como é o caso de castanhas, produtos lácteos iogurtes, arroz integral e refrigerantes em menor quantidade.

Outro fato que o Procon fiscalizou, foi a emissão de nota fiscal, pois os funcionários estariam instruídos a induzir o cliente a buscar o documento no site da ‘receita’ e assim emitirem.

Os produtos com preços diferentes está a picanha, o contrafilé e o cupim bovino entre as carnes, mas para os alunos que precisam de materiais escolares, estão kits de lápis preto, réguas e cadernos universitário.

O superintendente do Procon Estadual, Marcelo Salomão, lembra à comunidade que “é necessário que o consumidor que encontrar irregularidades denuncie para o Procon poder entrar em ação. Toda reclamação será verificada e, havendo procedência, a fiscalização se dirigirá ao local  com objetivo de fazer  cessarem os abusos”.

Arrecadação de donativos

O Procon Estadual notificou o supermercado Walmart para prestar esclarecimentos a ação de arrecadação de donativos, que seriam destinados aos desabrigados pelo rompimento da barreira do Córrego do Feijão no município de Brumadinho em Minas Gerais, no dia 25 de janeiro.

A notificação é para entender melhor a campanha, então a empresa terá um prazo de 10 dias para prestar esclarecimentos, sob pena de serem tomadas medidas administrativas, a respeito da existência ou não de parceria com algum órgão ou empresa pública, bem como, de que maneira é feita a coleta das doações, incluindo a forma de divulgação da campanha, a quantidade arrecadada e, ainda, datas de encaminhamento dos produtos aos responsáveis pelo recebimento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Presidente do Comercial, Valter Mangini, morre de coronavírus
Geral
Bombeiros intensificam combate as chamas em reservas do MS
Geral
Motociclista pula da moto em chamas após bater em caminhão
Geral
Leilão do Detran-MS tem mais de 1 mil motocicletas e 157 carros disponíveis
Geral
Governo da início ao processo de licitação para restauração do Centro Cultural José Octávio Guizzo
Geral
Vídeo: Fogo no Nabileque consome até ponte
Geral
Motorista morre ao cair em barranco próximo a ponte do grego
Geral
Empresário morre após perder controle do carro na MS-276 e colidir contra uma árvore
Geral
Mega-Sena acumula e prêmio vai para R$ 60 milhões
Geral
Está de volta a castração de felinos pelo CCZ

Mais Lidas

Geral
Presidente do Comercial, Valter Mangini, morre de coronavírus
Polícia
Três dias após desaparecer, adolescente é encontrado enterrado perto de casa
Polícia
Após dar 6 facadas no ex, mulher vai prestar solidariedade e acaba presa
Economia
Nascidos em outubro e novembro recebem nova parcela do auxílio