Menu
Busca segunda, 09 de dezembro de 2019
(67) 99647-9098
TJMS Dezembro-19
Geral

Longen destaca relação com a China

O presidente da Fiems reforçou a importância da país como principal parceiro comercial do MS

01 junho 2019 - 10h45Mauro Silva

Ao participar, na sexta-feira (31), do debate Brasil-China, realizado pelo Lide/MS (Grupo de Líderes Empresariais de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande (MS), o presidente da Fiems, Sérgio Longen, reforçou a importância da China como principal parceiro comercial do Estado, respondendo por 37,2% das exportações de produtos industrializados sul-mato-grossenses.

“A China é o principal importador de produtos industriais de Mato Grosso do Sul”, afirmou Sérgio Longen.

Para o presidente da Fiems, eventos como o promovido pelo Lide proporcionam oportunidades para o segmento industrial. “Só em 2018, Mato Grosso do Sul exportou para a China US$ 1,15 bilhão, enquanto que para Hong Kong foram exportados US$ 190,61 milhões”, completou.

O ministro da embaixada da República Popular da China no Brasil, Song Yang, ressaltou que nos últimos dez anos o seu país tem sido o principal parceiro comercial e um dos maiores investidores no Brasil. “Nós torcemos muito para a retomada do crescimento econômico do Brasil”, destacou.

Ainda conforme Song Yang, o debate promovido pelo Lide é uma oportunidade de estreitar relações entre os dois países. “Avalio esse evento como uma parceria ‘ganha-ganha’, muito proveitoso para aprofundar nossa parceira estratégica global em benefício do povo brasileiro e sul-mato-grossense e do enriquecimento do mercado chinês. Este evento é uma oportunidade de reunir autoridades, empresários brasileiros e chineses e bancos chineses para descobrirmos novos projetos e novos planos para o futuro”, acrescentou.

O presidente do Lide, Carlos Melke, destaca a importância de encontros como o ocorrido. “Precisamos criar a integração entre o nosso Estado e a China e é muito importante termos, aqui no evento, a presença da Fiems. Hoje, já temos muitas exportações de produtos industriais e precisamos ampliar esse leque. Há muita coisa que podemos fomentar ainda”, salientou.

Na mesma linha, para o secretário estadual de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, o encontro reuniu representantes de diversas cadeias produtivas de Mato Grosso do Sul, proporcionando a aproximação dos setores com o mercado chinês. “Temos como prioridade a relação com o governo chinês e empresas com potencial de investimentos aqui no Estado, que é eficiente e plenamente capaz de atender a China e os países asiáticos”, concluiu.

 

Athus Ingles

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
TRT intermedia negociação entre funcionários e Consórcio Guaicurus
Geral
Em 2019, Brasil avança no IDH
Geral
Vídeo - Dagoberto é hostilizado no aeroporto da capital
Geral
Dois supermercados da rede Real são autuados em nove dias
Geral
UFMS ocupa 9° em ranking de sustentabilidade no Brasil
Geral
Exército estabelece normas para tiro desportivo e caça
Geral
Ações da Fundesporte no MS são elogiadas no Mato Grosso
Geral
Segunda começa sem cancelamentos e atrasos no aeroporto da capital
Geral
Ninguém acerta e mega-sena acumula em R$25 milhões
Geral
Usina Eldorado paga indenização de R$100mil a sociedade

Mais Lidas

Polícia
Marido espanca e prende esposa dentro de casa
Brasil
Mandetta assume entidade internacional de combate a tuberculose
Cidade
Campanha em Três Lagoas valoriza policiais
Polícia
Irmãos são executados a tiros em bar