Menu
Busca sábado, 07 de dezembro de 2019
(67) 99647-9098
TJMS Dezembro-19
Geral

Refis Natalino irá incluir dívidas deste ano na renegociação

Com a renegociação das dívidas anteriores, o contribuinte poderá também incluir a dívida corrente

12 novembro 2019 - 13h26Sarah Chaves, com informações da assessoria

O Refis Natalino estabelecido pela prefeitura de Campo Grande, que possibilita aos contribuintes quitarem seus débitos com até 90% de desconto nos juros e nas multas, também fará renegociação das dívidas feitas ainda este ano.

A Secretaria Municipal de Planejamento e Finanças (Sefin) conta com 50 atendentes, na Central de Atendimento localizada na rua Arthur Jorge, 500,centro. A proposta é que a renegociação ocorra de 11 de novembro até dia 5 de dezembro.

O secretário municipal de Planejamento e Finanças, Pedro Pedrossian Neto destaca que o Programa Refis Natalino é para pagamento de dois tipos de crédito. “O objetivo é dar oportunidade aos contribuintes campo-grandenses de regularizar débitos tributários e não tributários vencidos até a vigência desta Lei, estando estes inscritos ou não em dívida ativa, ajuizados ou não, com exigibilidade suspensa ou não”, esclarece.

Neto informa aos contribuintes que comparecerem à Central de Atendimento nesses primeiros dias que não terão problemas com filas. “Então, quanto antes o contribuinte comparecer à Central do Cidadão e quitar os débitos com certeza não terá problemas e enfrentar filas. Ao longo dessa semana vamos encaminhar às residências dos contribuintes os boletos explicando as condições de pagamento. De posse desse boleto eles podem pagar de sua casa com a disponibilidade da internet, ou pagar pela agência bancaria credenciada e também pode vir até a Prefeitura para regularizar e a dúvidas pode ter tiradas por meio do telefone 156”, completa Pedrossian Neto.

A chefe de Divisão de Arrecadação da Sefin, Djanira Magalhães, aponta algumas vantagens do Refis Natalino e cita três situações que favorecem os contribuintes.“A primeira situação é de uma dívida de 2007 a 2014, o contribuinte deve R$ 169 mil e quitando este valor à vista, o débito cai para R$ 66 mil. Outro caso e de uma multa por infração de 2014. A dívida de R$ 1.966,78, ao ser quitada à vista passou para R$ 393,35. Outro caso é uma dívida de ISS de construção civil de 2015 de R$ 16.188,00, também quitada à vista passa para R$ 9.341,00”, pontua Djanira.

Serviço:

O atendimento na Central do IPTU, da Rua Arthur Jorge, 500, é das 8 às 16 horas, inclusive no horário do almoço. Para este serviço, a Prefeitura de Campo Grande disponibiliza 50 atendentes e não há filas.

Athus Ingles

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
PM se acidenta em perseguição e precisa de ajuda para pagar cirurgias
Geral
Obra que discute direito regulatório e atuação da administração pública é lançada no STJ
Geral
Energisa investe em projeto para economizar energia no Fórum de Corumbá
Geral
Secretário de Segurança Pública elogia Operação Boas Festas
Geral
Projeto poderá proibir corte de energia do consumidor
Geral
Saque do FGTS está liberado para nascidos em setembro e outubro
Geral
Mulher sofre lesões graves ao ser pisoteada por búfalos
Geral
Boletos do IPVA 2020 começam a ser entregues a donos de veículos
Geral
Fábio Trad homenagea APAE em sessão solene na Câmara
Geral
Chuva não interfere e aeroporto opera sem atrasos e cancelamentos nesta manhã

Mais Lidas

Política
Brasil e Paraguai terão livre comércio de automóveis
Política
Azambuja debate democracia em Congresso Nacional
Internacional
EUA e Talibã do Afeganistão retomam negociação de paz
Brasil
Criança fica presa em penela de pressão por quase uma hora