Menu
Busca sábado, 18 de janeiro de 2020
(67) 99647-9098
Perkal Topo - janeiro-20
Geral

Secretário de Segurança Pública elogia Operação Boas Festas

Operação de fim de ano foi lançada oficialmente hoje

06 dezembro 2019 - 16h21Jônathas Padilha, com informações da assessoria

O secretário de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Antonio Carlos Videira, participou do lançamento oficial da operação Boas Festas, realizada nesta sexta-feira (6) pelo Governo de Mato Grosso do Sul.

A operação é realizada no período das grandes festas, Natal e Ano Novo, para intensificar o policiamento durante as festividades do final do ano,que trazem grande movimento. As ações serão realizadas em Campo Grande e em todo interior do estado, com 1.000 policiais nas ruas de Capital, e outros 2.500 nos municípios do Estado, que atuarão em pontos estratégicos até dia 4 de janeiro.

O secretário de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Antonio Carlos Videira, elogiou o trabalho desenvolvido pela equipe e ressaltou os bons índices de redução de criminalidade. “Que a exemplo dos homicídios culposos, e os demais crimes que reduziram neste ano, nós consigamos estar todos juntos, firmes, fiscalizando, prevenindo e reprimindo. Não obstante a redução de todos os índices, temos o grande desafio, talvez maior e mais difícil do que conquistar é manter”, destacou.

Videira lembrou também os investimentos através do programa MS Mais Seguro, que anunciou a entrega de mais 43 viaturas para os próximos dias, e agradeceu ao secretário Especial de Gestão Política de Campo Grande, Carlos Alberto de Assis.

Além do secretário, Assis, que estava representando o governador Reinaldo Azambuja, prestigiou a ação desenvolvida pelas forças de segurança. “Mesmo sendo um Estado com duas fronteiras secas, nós damos exemplos de resolução de crimes. Este Governo continua investindo porque o MS Mais Seguro é um projeto de governo onde nós envolvemos todas as nossas forças policiais num só sentido: Policia Civil, Bombeiros, Policia Militar trabalhando unidos para fazer do MS o 2° estado mais seguro desse país, mesmo com todas as adversidades por que passa a nossa nação”, afirmou.

O policiamento de rua será reforçado por 450 policiais, remanejados de setores administrativos, 150 na Capital e 300 no interior.

O coronel Waldir Ribeiro Acosta,  comandante da Polícia Militar, disse a respeito do planejamento. “Campo Grande é dividida em sete áreas, e cada região tem um comandante, e esses comandantes já tem as localidades com esse reforço que ele vai receber para estar colocando nas áreas de comércio. No interior do Estado nós teremos o reforço também nas rodovias estaduais com a Polícia Militar Rodoviária Estadual (BPMRv), nos rios que é a Polícia Militar Ambiental (PMA) e cada batalhão com seu planejamento fará o reforço nos corredores de comércio de cada cidade”, detalhou.

O reforço no policiamento na Capital irá abranger a região central e as principais vias da cidade, como as ruas Euclides da Cunha, Avenida Mato Grosso, Júlio de Castilho, Manoel da Costa Lima, Raquel de Queiroz, Marquês de Pombal e Bom Pastor.

Como também no Camelódromo, Mercadão Municipal, shoppings, rede bancária e feiras livres.

Além do apoio policial, o coronel Joílson do Amaral, comandante do Corpo de Bombeiros Militar (CBMMS), disse sobre o papel de sua corporação nesse período. “O Corpo de Bombeiros Militar irá empenhar todo seu efetivo para o reforço das guarnições. Principalmente os acidentes automobilísticos que tem como causa principal, o excesso de álcool. O CBMMS também atua na parte de prevenção fazendo as vistorias em locais de concentração de público. Também haverá um reforço nas guarnições, com equipe de fiscalização de prontidão, para em caso de necessidade se deslocar para o local e fazer as vistorias”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Morador se assusta com a visita noturna de um jacaré
Geral
Detran-MS fará leilão de 403 veículos no primeiro certame de 2020
Geral
Ajude: Enzo tem leucemia e 21 dias para comprar remédio de R$ 160 mil
Geral
Detran inicia primeiro leilão de 2020
Geral
Brasil registra mais de 200 ataques contra jornalistas em 2019, aponta relatório
Geral
Reinaldo lançará "pacotão de obras", resultado do Governo Presente
Geral
Dona de Alf quer justiça depois de sacrifício no CCZ, “sem autorização”
Geral
Valor de renovação de vistoria será reduzido em até 5 vezes
Geral
Colégio Adventista nega ter rejeitado aluno com síndrome
Geral
Agepen determina novas regras para visitação em unidades prisionais

Mais Lidas

Polícia
Vídeo: Criminosos são capturados pela polícia em perseguição no Aero Rancho
Internacional
Após surto de pneumonia, EUA aumenta vigilância em aeroportos
Educação
Inep encontra erro na correção do Enem
Economia
Com simplificação no processo, MS bate recorde em abertura de negócios