Menu
Menu
Busca quarta, 24 de julho de 2024
Secovi - Julho24
Geral

Comper cobra estacionamento; clientes reclamam

O estacionamento que era gratuito passou a ser cobrado e dividiu opiniões

13 dezembro 2018 - 12h43Da redação    atualizado em 13/12/2018 às 14h23

Nesta semana, um supermercado da rede Comper, localizado na avenida Mato Grosso, Jardim dos Estados, passou a cobrar pelo uso do estacionamento e o assunto gerou certa polêmica entre os clientes e lojistas do local. O estacionamento será cobrado às pessoas que fizerem menos de R$ 30,00 em compras.

De acordo com informações de um comerciante de loja da galeria do local – que preferiu não se identificar –, houve uma baixa na movimentação de clientes depois da inserção de cobrança. Para ele, o prejuízo é visível em época natalina e fora do esperado. “Nós percebemos que existe um número de pessoas que não estão entrando mais, e isso é prejudicial para nós que alugamos o espaço, justamente para vender produtos diferenciados”, explicou.

A dona de casa Daiane Abreu, 28 anos, disse que achou um absurdo ter que pagar pelo estacionamento, já que muitas vezes a demora no local se dá pela falta de caixas e filas extensas para pagar a conta no supermercado.

Já, Romildo Santos, acha correto a cobrança, devido o local ser uma empresa privada e a estrutura ter um custo. Ele diz que se fosse um prédio público não concordaria com a cobrança.

Em contato com Marcelo Salomão, coordenador da Superintendência para Orientação e Defesa Do Consumidor (Procon-MS), foi dito que, o estabelecimento pode sim cobrar pelo estacionamento privado. “Mas é importante que os consumidores sejam avisados previamente, tendo em vista que o lugar já aderiu à gratuidade ao longo do tempo, não pegando os consumidores de surpresa”, explicou.
Consumidores que se sentirem lesados de alguma maneira, podem procurar o  Procon, onde será analisado todos os critérios legais.

A equipe de reportagem do JD1 Notícias entrou em contato com a assessoria de comunicação do supermercado e aguarda resposta.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Oi, Vivo e TIM são multadas
Geral
Oi, Vivo e TIM são multadas por propaganda enganosa sobre 5G
CCR MSVia amplia opções de pagamento na BR-163/MS
Geral
Pedágios da BR-163/MS passam a aceitar cartões de débito e crédito por aproximação
Coca-Cola/Femsa
Geral
Coca-Cola oferta capacitação para empreendedoras do ramo de alimentos
Bora apostar? Mega-Sena sorteia R$ 61 milhões nesta terça-feira
Geral
Bora apostar? Mega-Sena sorteia R$ 61 milhões nesta terça-feira
Foto: Ilustrativa
Interior
MP investiga tráfego de canavieiros na BR-497 e ligação com acidentes em Paranaíba
Imortal, Ana Maria Machado, conduzirá palestra de julho na ASL
Geral
Imortal, Ana Maria Machado, conduzirá palestra de julho na ASL
Cabo da PMMS é condenado por realizar "bicos" durante licença médica
Justiça
Cabo da PMMS é condenado por realizar "bicos" durante licença médica
Foto: Divulgação Raia/Drogasil
Geral
Grupo de farmácias abre 12 vagas exclusivas para pessoas com deficiência em MS
TJ derruba decisão que barrava gastos de R$ 1,8 milhão para eventos em Anastácio
Interior
TJ derruba decisão que barrava gastos de R$ 1,8 milhão para eventos em Anastácio
Arma localizada que teria sido usada no tiroteio e na morte de Silas e Aysla
Justiça
Por risco à sociedade, TJ nega soltar motorista de App envolvido em morte de adolescentes

Mais Lidas

Sala de atendimento da DEPCA
Polícia
Adolescente é esfaqueado pela mãe e fica com as vísceras expostas na Capital
Kauã morreu horas após dar entrada no hospital
Polícia
Adolescente esfaqueado pela própria mãe morre em hospital de Campo Grande
Escola Sesi oferta 104 vagas de gratuidade integral na educação básica
Educação
Escola Sesi oferta 104 vagas de gratuidade integral na educação básica
Lulu Oliveira
Comportamento
Aos 41 anos, Lulu Oliveira representará MS no Miss Universo Brasil 2024