Menu
Busca sexta, 29 de maio de 2020
(67) 99647-9098
Geral

UFMS pode paralisar em setembro, diz Marcelo Turine

O reitor participou de uma audiência pública na universidade, na quinta-feira

17 maio 2019 - 16h35Matheus Henrique, com informações da Assessoria

A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (Ufms) realizou, na quinta-feira (16), uma audiência pública sobre o bloqueio dos recursos orçamentários e seus impactos na universidade em 2019. O evento contou com a presença do reitor da Ufms, Marcelo Turine, que disse que, devido aos cortes, a universidade pode paralisar em setembro.

O reitor afirmou que o bloqueio total foi um pouco mais de 50%, equivalente a R$ 80 milhões, o que pode paralisar a universidade. “A redução atinge diretamente o funcionamento de toda a instituição e compromete as áreas de ensino, pesquisa, pós-graduação, extensão, inovação, além de afetar a manutenção de serviços à sociedade, a compra de insumos para os laboratórios e cursos; e o pagamento de contas de consumo, como água e luz, o que pode paralisar a universidade em setembro”.

A pró-reitora de Planejamento, Orçamento e Finanças, Dulce Maria Tristão, detalhou como o bloqueio afetará a UFMS em cada área. Ela reforçou que, em sua planilha, o principal gasto da universidade é o custo de água e luz, o que poderá acarretar no encerramento das atividades por falta de pagamento.

Devido ao atual cenário, a administração priorizou o pagamento da assistência estudantil, bolsas e auxílios, os restaurantes universitários, para garantir a permanência dos estudantes.

A audiência pública ficou lotada, com o apoio da comunidade acadêmica. Também estiveram presentes, Representantes do Diretório Central dos Estudantes, Sindicatos dos trabalhadores em Educação da Ufms e do Instituto Federal de MS (Ifms) e integrantes da Associação dos Docentes da Ufms. 

A audiência foi transmitida ao vivo pelo YouTube da TV UFMS. Para rever, clique aqui.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Agências da Caixa abrirão no sábado para saques do auxílio
Geral
Carrefour é autuado por vender mais de 50 produtos vencidos
Geral
Felipe Dylon elogia governo e diz que "Bolsonaro tem uma pegada boa"
Geral
Bolsonaro diz que ação contra fake news é para censurar mídias sociais
Geral
Teste de coronavírus dá negativo e Aracy Balabanian segue internada em CTI
Geral
Marquinhos anula aposentadoria de guarda condenado pela morte de Paulo Magalhães
Geral
Pais vendem rifa para arrecadar R$ 23 mil em 15 dias e pagar cirurgia de bebê
Geral
Acumulou! Ninguém acerta e prêmio da Mega-Sena vai a R$ 38 milhões
Geral
Mãe de Neymar reata com modelo e compra flat para ele, diz jornal
Geral
Senado aprova aumento do salário mínimo para R$ 1.045

Mais Lidas

Polícia
Jovem é executado durante partida de futebol
Economia
Compras com auxílio emergencial poderão ser pagas via celular
Cidade
Prefeitura da capital realiza sorteio de apartamentos nesta sexta
Política
Paulo Corrêa tem melhor avaliação na Assembleia, diz pesquisa