Menu
Busca quinta, 20 de fevereiro de 2020
(67) 99647-9098
tj ms topo
Geral

Vídeo - Cantor Juliano Cezar tem parada cardíaca em show e morre

Artista chegou a ser encaminhado para o hospital de Uniflor e submetido a várias tentativas de reanimação

31 dezembro 2019 - 08h10Priscilla Porangaba, com informações do Portal da Cidade

O cantor sertanejo Juliano Cezar morreu na noite dessa segunda-feira (30) após sofrer uma parada cardíaca e cair no palco durante show em Uniflor, a 56 km de Maringá, no Paraná.

Segundo informações do Portal da Cidade, Cezar passou mal, procurou se apoiar no pedestal de um microfone e caiu. Os músicos que o acompanhavam prontamente buscaram ajudar e ele foi encaminhado pelo Samu ao hospital do município e submetido a várias tentativas de reanimação, mas não resistiu.

Segundo a assessoria de Juliano, o corpo será transladado para Passos (MG), cidade natal do cantor.

Juliano Cezar, o "Cowboy Vagabundo", tinha 59 anos. Em mais de três décadas de carreira, gravou dez CDs e lançou três DVDs. Teve uma indicação ao Grammy Latino como Melhor Álbum Romântico. 

Sucesso "Cowboy Vagabundo"

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Maria, que estava desaparecida, entra em contato com a família
Geral
Deputado quer instituir “Dia da Assembleia de Deus” no MS
Geral
Confira o calendário de pagamento do Bolsa Família para 2020
Geral
Caixa lança crédito imobiliário com taxa fixa a partir de 8% ao ano
Geral
Aeroporto opera sem atrasos e cancelamentos nesta manhã
Geral
Prazo para eleitor regularizar título termina em maio
Geral
Prefeitura inaugura primeiro parquinho de pneus na escola do campo
Geral
Novo sistema realizará pagamento instantâneo independente do horário
Geral
ACPD receberá metade do salário de Reinaldo
Geral
Vídeo - Policial tenta prender prefeita por passear no shopping

Mais Lidas

Geral
Maria, que estava desaparecida, entra em contato com a família
Geral
Deputado quer instituir “Dia da Assembleia de Deus” no MS
Polícia
Jovem é encontrado morto com corte no pescoço
Polícia
Criança é brutalmente agredida durante “esconde-esconde”