Menu
Menu
Busca quarta, 17 de julho de 2024
Secovi - Julho24
Geral

Violência nos presídios aumentou 40% em dezembro, diz sindicato

Agentes penitenciários fazem manifestação e exigem mais segurança e aumento do efetivo

11 dezembro 2018 - 09h06Da redação    atualizado em 11/12/2018 às 10h01

Os agentes penitenciários de Campo Grande fazem manifestação em frente a Penitenciária de Segurança Máxima na manhã desta terça-feira (11). O Sindicato dos Servidores da Administração Penitenciária (Sinsap) exige mais segurança para os servidores e aumento de efetivo. Para eles, a violência no ambiente de trabalho é cada vez maior e a prevenção deve ocorrer o quanto antes.

Ao JD1 Notícias, Andre Luiz Santhiago, presidente do Sinsap, disse que a rotina de trabalho dos servidores é a terceira mais perigosa do planeta, e que o setor de segurança pública deve planejar ações de prevenção e não após a ocorrência de violência. “Nós queremos a regulamentação do uso de armamento para a categoria, a fim de visar a própria segurança e aumento de efetivo dos agentes penitenciários e da própria polícia militar que faz a segurança das muralhas”, explicou. 

André Luiz também disse que no mês de dezembro a violência e ocorrências dentro do Presídio aumentam aproximadamente 40%, enquanto os servidores tem apenas o apito. Ele explica que devido ao aumento de visitas e movimentação no local o risco é ainda maior. Para ele, o estado deve garantir a segurança para o servidor, para o dentento e para a familiares que frequentam o ambiente.

“Na semana passada um dos presos confeccionou uma chave com uma lamina de marmitex, dois servidores foram pegos de surpresa e agredidos, é um dos problemas que afetam a rotina, fora o risco de motim e rebeliões que são constantes”, exemplificou o presidente do Sindicato.

O sindicato apontou que no segundo semestre deste ano foram, constatadas sete agressões a servidores. Os casos aconteceram nas cidades de Corumbá, no mês de julho, em Três Lagoas, no mês de outubro e em Campo Grande.

Na capital, os episódios de violência ocorreram no Presídio de Segurança Máxima, sendo dois no mês de agosto, um no mês de setembro e dois nos primeiros dias do mês de dezembro. O número de agressões a servidores penitenciários cresceu exponencialmente.

Os servidores pedem equipamentos de proteção individual, coletes, escudos, caneleiras, capacetes, tonfas, spray de pimentas, bombas de efeito moral, taser, armas letais e não letais, munições, enfim, todos os meios necessários, para garantir e proporcionar segurança efetiva para todos.

Reportar Erro
Digix - Julho24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Clientes relatam instabilidades no Nubank; banco alerta sobre avisos por SMS
Geral
Clientes relatam instabilidades no Nubank; banco alerta sobre avisos por SMS
Governo Federal autoriza Força Nacional atuar em conflitos fundiários em MS
Interior
Governo Federal autoriza Força Nacional atuar em conflitos fundiários em MS
Imagem Ilustrativa -
Brasil
STJ reafirma que uso de celular por preso em trabalho externo não é falta grave
Ex-guarda civil municipal Marcelo Rios -
Geral
TJ afirma que jurisprudência permite julgamento remoto no caso Playboy da Mansão
Bilhete da Mega-Sena
Geral
Prêmio da Mega-Sena acumula de novo e sobe para R$ 47 milhões
Projeto - HMCG
Saúde
Juiz dá 72 horas para prefeitura se manifestar sobre ação que tenta 'barrar' hospital
Foto: Setesc
Geral
Fundação de Cultura realiza as "Férias na Biblioteca" no sábado
Conselheiro Jerson Domingos -
Justiça
Ação penal da Operação Omertà contra Jerson Domingos vai ao STJ
Horóscopo do dia - Veja a previsão para o seu signo 17/07/2024
Geral
Horóscopo do dia - Veja a previsão para o seu signo 17/07/2024
Conciliação de precatórios do TJMS gera R$ 2,1 milhões em acordos
Justiça
Conciliação de precatórios do TJMS gera R$ 2,1 milhões em acordos

Mais Lidas

Casa da Mulher Brasileira, a Deam
Polícia
Miojinho? Homem surta após 'g0zAr rápido' durante swing com esposa e amigos no Colúmbia
Próximos dias serão quentes
Clima
Até logo, frio! Temperaturas voltam a subir e Capital deve registrar 30ºC esta semana
JD1TV: Motociclistas são socorrido em estado gravíssimo após acidente em Bandeirantes
Polícia
JD1TV: Motociclistas são socorrido em estado gravíssimo após acidente em Bandeirantes
Tempo amanheceu bem nublado e frio em Campo Grande
Clima
Frio continua pela manhã e máximas começam a subir em MS