Menu
Busca quinta, 29 de outubro de 2020
(67) 99647-9098
Sebrae - Bonito
Justiça

Coluna social vira argumento do MP contra HC de Jamil

Defesa de empresário alega problemas de saúde e idade para livrá-lo do presídio

21 outubro 2019 - 11h15Da redação

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MP-MS) apresentou parecer para tentar impedir a substituição da prisão preventiva em domiciliar ao empresário Jamil Name, preso por chefiar uma milícia investigada por intermédio da Operação Omertá.

A defesa de Jamil defende a prisão domiciliar ao seu cliente por ser uma pessoa idosa, acometido de várias doenças e por esses motivos, inspira cuidados. Os advogados apresentaram laudos, porém o MP-MS, por meio do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) sustenta diversos argumentos para rebater a necessidade da substituição, citando, inclusive, uma reportagem sobre o aniversário de 80 anos do empresário, que reforça o “bem estar” de Jamil.

A reportagem citada pelo MP, traz matéria do colunista Fernando Soares, na qual Jamil Name aparece saudável e com a legenda “firme e forte”, como pode ser vista na imagem abaixo:

O MP cita ainda um laudo médico elaborado pelo doutor Henrique Ferreira de Brito onde confirma que Jamil Name “encontra-se estável, com condições de realizar suas atividades de vida diária, contudo, com limitação de grandes esforços”.

No parecer, o MP reforça que “as penitenciárias federais possuem estrutura adequada, inclusive no que concerne a parte ambulatorial e alimentícia, notadamente pelo fato de que os internos, que estão recolhidos nesses estabelecimentos penais, recebem cuidados rotineiros e alimentação regrada por nutricionista, padronizada e adaptada por motivos de saúde”.

Assim como o pedido de substituição da prisão, o parecer do MP será analisado pelo juiz da 7ª Vara Criminal de Campo Grande, Marcelo Ivo.

CertFica

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Cinco cidades de MS receberão apoio das Forças Armadas
Justiça
TJ recusa pedido do Governo de MS e determina que DGPC promova 12 delegados
Justiça
Direito de resposta concedido a Marquinhos Trad pela justiça eleitoral
Justiça considerou ofensiva entrevista de Harfouche ao JD1 contra Marquinhos
Justiça
Acordos em precatórios resultam mais de R$ 20 milhões em economia para MS
Justiça
Andar de ônibus deve ficar mais caro nos próximos dias
Justiça
Funcionária de conveniência é multada em R$ 3 mil por vender vodka a adolescente
Justiça
Fachin julgará recurso de Reinaldo no STF
Justiça
Candidato do PSL terá que pagar multa e retirar vídeo do ar
Justiça
Em sessão "sofrida", MS ganha julgamento do gás boliviano
Justiça
Sobrinho que matou tio com 9 tiros será julgado nesta sexta-feira

Mais Lidas

Política
Candidatos participam de debate na Fetems
Cidade
Assembleia homenageia Dudu do Bifão e pai do vereador Salineiro
Justiça
Cinco cidades de MS receberão apoio das Forças Armadas
Geral
Justiça manda candidata provar que sabe ler