Menu
Busca segunda, 18 de novembro de 2019
(67) 99647-9098
Justiça

Coluna social vira argumento do MP contra HC de Jamil

Defesa de empresário alega problemas de saúde e idade para livrá-lo do presídio

21 outubro 2019 - 11h15Da redação

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MP-MS) apresentou parecer para tentar impedir a substituição da prisão preventiva em domiciliar ao empresário Jamil Name, preso por chefiar uma milícia investigada por intermédio da Operação Omertá.

A defesa de Jamil defende a prisão domiciliar ao seu cliente por ser uma pessoa idosa, acometido de várias doenças e por esses motivos, inspira cuidados. Os advogados apresentaram laudos, porém o MP-MS, por meio do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) sustenta diversos argumentos para rebater a necessidade da substituição, citando, inclusive, uma reportagem sobre o aniversário de 80 anos do empresário, que reforça o “bem estar” de Jamil.

A reportagem citada pelo MP, traz matéria do colunista Fernando Soares, na qual Jamil Name aparece saudável e com a legenda “firme e forte”, como pode ser vista na imagem abaixo:

O MP cita ainda um laudo médico elaborado pelo doutor Henrique Ferreira de Brito onde confirma que Jamil Name “encontra-se estável, com condições de realizar suas atividades de vida diária, contudo, com limitação de grandes esforços”.

No parecer, o MP reforça que “as penitenciárias federais possuem estrutura adequada, inclusive no que concerne a parte ambulatorial e alimentícia, notadamente pelo fato de que os internos, que estão recolhidos nesses estabelecimentos penais, recebem cuidados rotineiros e alimentação regrada por nutricionista, padronizada e adaptada por motivos de saúde”.

Assim como o pedido de substituição da prisão, o parecer do MP será analisado pelo juiz da 7ª Vara Criminal de Campo Grande, Marcelo Ivo.

Athus Ingles

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Denúncias anônimas podem estabelecer procedimentos administrativos no MP
Justiça
STF suspende uso da Taxa Referencial
Justiça
STJ confirma decisão do TJ-MS, em ação de 39 anos
Justiça
Desembargador Ruy Celso mantém milicianos presos
Justiça
Crianças terão espaço especial para testemunhar em tribunais
Justiça
Slimes com bórax é proibido no MS
Justiça
Defesa quer que Name Filho volte para a capital
Justiça
MPMS denuncia suspeitos de assassinar servidora com barra de ferro
Justiça
Em nota, Odilon diz que TRF-3 está “apenas verificando a regularidade”
Justiça
CCJ aprova PEC que torna feminicídio crime imprescritível

Mais Lidas

Polícia
Jovem morre fuzilado e mulher é ferida por estilhaços
Polícia
Aos 84 anos, "vovó" é presa dirigindo bêbada após sair de baile
Polícia
Jovem motociclista morre após bater em meio-fio e ser arremessado em rio
Oportunidade
Funtrab oferece 944 vagas de emprego em todo o MS