Menu
Busca domingo, 21 de abril de 2019
(67) 99647-9098
Justiça

Decisão do STF não contempla fábrica de fertilizantes de MS

A Petrobras afirmou que a UFN III, de Três Lagoas, não foi contemplada com a suspensão da liminar

15 janeiro 2019 - 10h50Da redação

A Unidade de Fertilizantes Nitrogenados III (UFN III) de Três Lagoas que teve  as obras paralisadas em 2014, com 81% da estrutura construída, ainda não poderá ter venda efetivada para os russos da Acron. As informações são do G1 e constam que a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffolli, que suspendeu no final de semana a liminar que dificultava a venda de parte dos ativos da Petrobras, não contempla a o processo de venda da UFN III.

A possibilidade de conclusão da venda e retomada da obra foi anunciada pelo secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar de Mato Grosso do Sul, Jaime Verruck, no Bom Dia MS exibido na segunda-feira (14).  No entanto, por volta das 18h58, a Petrobrás enviou uma nota dizendo que "A liminar não tem relação com a UFN-3, que é uma unidade industrial, e sim, com campos de Exploração e Produção [...] Dessa forma, por enquanto, não há alteração em relação ao cenário que envolve a UFN-3".

Em nota a Semagro disse que a princípio, o governo entendeu que a UFN III estaria contemplada, porém, após a entrevista, percebeu o equívoco. Informou ainda que "o governo tem esperanças que, na mesma linha de raciocínio, a ação que proíbe a venda também da UFN III tenha a liminar derrubada o mais rápido possível".

A “novela” da retomada de obras se estende há anos, e em maio do ano passado o Governo do Estado e a prefeitura de Três Lagoas chegaram a anunciar as negociações com o grupo Acron. Ao mesmo tempo empresas da região ocuparam a Câmara do município exigindo os pagamentos e indenizações que restaram após o fechamento da obra em 2014.

Desde junho de 2017, existe uma liminar do ministro Ricardo Lewandowski contra a reativação das obras, e que proíbe qualquer negociação.

pmcg - prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Zaloar Murat será empossado como desembargador na quarta-feira
Justiça
Julgamento de juiz é adiado
Justiça
Ação penal contra Puccinelli é suspensa pelo TRF3
Justiça
Inquérito para apurar ofensas a ministros do STF é arquivado
Justiça
Tânia Borges permanece afastada do cargo
Justiça
Segunda Turma do STF vai julgar novo HC de Lula
Justiça
MP terá nova postura em investigações
Justiça
Jurado passa mal e juiz cancela julgamento de PRF que matou empresário
Justiça
Juíza proíbe governo de “retirar” radares de rodovias federais
Geral
Manifestantes dão apoio ao PRF que matou empresário

Mais Lidas

Polícia
Casal morre em acidente na MS-164
Polícia
Homem tem mãos decepadas, na fronteira
Polícia
Ex-radialista é morta com 24 facadas pelo sobrinho
Geral
Meningite mata jornalista conhecido em MS