Menu
Busca terça, 31 de março de 2020
(67) 99647-9098
TJMS topo
Justiça

Defesa usa coronavírus para "soltar" Jamil e juiz nega pedido

Entre as alegações, advogado alegou aumento de casos do Covid 19

24 março 2020 - 10h21Joilson Francelino

A defesa do empresário Jamil Name, preso deste setembro de 2019, acusado de liderar uma milícia em Mato Grosso do Sul tentou beneficiar seu cliente usando o aumento dos casos de novo coronavírus.

De acordo com os autos, a defesa sustentou novamente a idade de Jamil e que os casos do Covid 19 têm aumentado no Rio Grande do Norte, Estado para onde foi transferido em outubro do ano passado. “Mormente em face do alastramento do Covid 19, sendo que idosos, diabéticos e hipertensos estão incluídos no grupo de risco, tanto que o Ministério da Justiça publicou portaria proibindo visitas nos presídios federais por 15 dias, o vírus crescendo no Rio Grande do Norte. Mesmo diante da portaria, nada impede os agentes contaminarem os presos”, consta nos autos.

Entre as alegações, a defesa ainda sustenta que o Brasil vem adotando medidas para soltura e reavaliação de presos em razão no coronavírus e cita algumas decisões que beneficiaram presos no mesmo quadro que Name.

O pedido da defesa era para revogação da prisão preventiva, substituição por outra medida cautelar ou prisão domiciliar e foi negado pelo juiz Aluízio Pereira dos Santos.

Assembleia - Mais ALEMS

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Dinheiro de ações criminais em Três Lagoas será liberado para combate à coronavírus
Justiça
Justiça proíbe manifestações, e multa chega a R$ 100 mil para quem desobedecer
Justiça
Igrejas poderão pagar R$ 50 mil de multa diária se abrirem as portas
Justiça
Justiça Federal autoriza Cervejaria Bamboa a fabricar álcool em gel
Justiça
Gilmar Mendes decide manter recomendação de soltar presos devido à pandemia
Justiça
STF barra pagamento de dívida e MS terá R$ 30 milhões mensais para combate à epidemia
Justiça
Justiça absolve pastor vice-presidente de abrigo acusado de estuprar adolescente
Justiça
Cartórios suspendem atendimento presencial por tempo indeterminado
Justiça
Câmara de Vereadores fecha por tempo indeterminado em Dourados
Justiça
Liminar do TJ libera prisão domiciliar para devedores de pensão alimentícia

Mais Lidas

Economia
Desemprego sobe para 11,6% em fevereiro
Geral
Primeira vítima fatal de coronavírus em MS é uma idosa
Cidade
Deputado pede por desinfecção das ruas da capital
Cultura
“MS Cultura Presente” destinará mais de um milhão a 700 artistas de MS