Menu
Busca sábado, 23 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS outubro21
Justiça

STF retoma julgamento sobre criminalização da homofobia

O relator dá continuidade ao seu voto, iniciado na semana passada

20 fevereiro 2019 - 16h16Da redação com informações da Agência Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) retomou há pouco o julgamento da ação protocolada pelo PPS para criminalizar a homofobia, que é caracterizada pelo preconceito contra o público LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais). Será a terceira sessão seguida para o julgamento da questão.

A análise começou na semana passada e foi suspensa após a primeira parte do voto do relator, ministro Celso de Mello. Até o momento, o ministro reconheceu a omissão do Congresso Nacional ao não criminalizar a homofobia desde a promulgação de Constituição, em 1988. A possibilidade de criminalização é debatida na Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão (ADO) nº 26, protocolada em 2013.

Na sessão de hoje, após a parte final do voto do relator, devem votar o ministro Edson Fachin, relator de outra ação sobre o tema, além dos ministros Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux, Cármen Lúcia, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio e o presidente, Dias Toffoli.

Pelo atual ordenamento jurídico, a tipificação de crimes cabe ao Poder Legislativo, responsável pela criação das leis. O crime de homofobia não está tipificado na legislação penal brasileira.

No entendimento do PPS, a minoria LGBT deve ser incluída no conceito de "raça social", e os agressores, punidos na forma do crime de racismo, cuja conduta é inafiançável e imprescritível. A pena varia entre um a cinco anos de reclusão, de acordo com a conduta.

Unica - primavera

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
CNJ destaca trabalho do Tribunal de Justiça de MS
Justiça
Ex-sargento da PM é julgado por matar tenente aposentado da PM em 2017
Justiça
TSE confirma ilegalidade de gravações feitas em ambientes privados
Justiça
Decisão do STF torna gratuito o acesso a Justiça do Trabalho
Justiça
STF derruba artigos da reforma trabalhista que restringiam gratuidade
Justiça
TJMS inocenta Osmar Jeronymo
Política
Assembleia aprova homenagem a profissionais de saúde
Justiça
Ecoturismo passa a ser atividade essencial após Lei ser aprovada
Justiça
Suspensão dos direitos políticos de Puccinelli é mantida pela Justiça
Justiça
Justiça prorroga prazos em função de instabilidade

Mais Lidas

Clima
Áudio: Atenção - tabela do Inmet é real, não é fake
Clima
Vídeo: Força-tarefa está pronta para novo vendaval
Internacional
Alec Baldwin dispara com arma cenográfica e mata diretora de fotografia
Clima
Previsão de chuva com ventos assusta