Menu
Busca quarta, 26 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Saúde

Confusão na Santa Casa: contrato com Unimed é rompido e médicos “se demitem”

Duas situações diferentes que movimentaram o hospital no final de semana

06 maio 2019 - 10h12Rayani Santa Cruz

A Santa Casa de Campo Grande optou pelo descredenciamento da Unimed em seu quadro de atendimentos a planos de saúde, e os pacientes da rede não terão mais assitência a partir do dia 13 de maio. 

Ao JD1 Notícias, o hospital informou que foi dado um prazo para resolução de problemas a fim de tentar diminuir os prejuízos, como valores de consultas e atendimentos; após um ano, não houve a melhora da tabela e resposta do plano. Com isso, o rompimento foi anunciado pela Santa Casa.

Ainda conforme hospital, uma reunião para tratar sobre o impasse que estava marcada para esta segunda-feira (6), foi cancelada pela Unimed. Dessa maneira, o hospital entende que a parte também não deseja manter o atendimento na unidade.

Em nota oficial, a Unimed afirmou que “recebeu solicitação de descredenciamento por parte da Santa Casa e que os atendimentos aos clientes Unimed findarão nesse prestador, inclusive no Prontomed, a partir do dia 13 de maio de 2019. Os atendimentos realizados na Santa Casa serão redirecionados para o Hospital Unimed Campo Grande e aos demais prestadores credenciados”.   

Outra situação que movimentou o hospital no final de semana foi em relação a médicos cirurgiões que atendem no local. 21 profissionais haviam elaborado uma carta pedindo 87% de aumento, dentre outras coisas. Segundo o hospital, os profissionais redigiram o informativo no dia 2 de abril e a carta chegou às mãos da diretoria no dia 3, sendo que havia descrito que se as exigências não fossem atendidas “eles encerrariam as atividades” no local a partir de sábado (4).

Antecipando a falta de médicos, a Santa Casa contratou outros profissionais para substituir os 21 que teriam avisado sobre sua saída, caso não tivesse as solicitações atendidas. “A Santa Casa fez uma contraproposta de 15% de aumento, que não foi aceita. Prevendo a saída dos médicos, acabamos contratando”.

Em meio a confusão, muitos dos novos contratados não compareceram e os cirurgiões, acabaram retornando aos serviço no sábado. Eles decidiram retomar as negociações, que devem ser realizadas nesta semana. 

Assembleia para todos - junho-19

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Doze pediatras atendem em duas UPAs nesta manhã de quarta-feira
Saúde
Sete pediatras atendem em duas UPAs nesta manhã de terça-feira
Saúde
Em MS, 21 municípios serão contemplados com o Mais Médicos
Saúde
Nove pediatras atendem em duas UPAs nesta manhã de segunda-feira
Saúde
Cirurgias na Caravana são antecipadas para este domingo
Saúde
Caravana da Saúde segue com atendimentos no fim de semana
Saúde
Contra queda na vacinação, Ministério da Saúde vai à Campus Party
Saúde
Catarata é a maior demanda da Caravana da Saúde
Política
Nelsinho Trad convoca reunião com Mandetta para tratar de recursos para saúde
Saúde
Caravana da Saúde retoma atendimento e deve fazer 2 mil cirurgias

Mais Lidas

Polícia
Vídeo – ex-policial é executado no estacionamento do Shopping China
Polícia
Pilar de concreto cai e mata criança deitada em rede
Cidade
Supermercado Real é autuado pela venda de produtos vencidos
Polícia
Homem é atendido com faca cravada no crânio em MS