Menu
Menu
Busca domingo, 14 de julho de 2024
Secovi - Julho24
Saúde

Mutirão contra a dengue começa com mais de 3 mil servidores nas ruas da Capital

Em janeiro deste ano, foram notificados 2.338 casos de dengue, 45 de zika e 40 de chikungunya

11 fevereiro 2019 - 15h57Da redação    atualizado em 11/02/2019 às 16h29

Nos próximos 10 dias, mais de 3 mil profissionais da Atenção Primária e Vigilância em Saúde de Campo Grande estarão envolvidos nas ações de combate ao mosquito Aedes aegypti – transmissor da dengue, zika e chikungunya. O lançamento da campanha “10 dias contra o Aedes” aconteceu na manhã desta segunda- feira (11).

Na Clínica da Família do bairro Nova Lima, com a presença do prefeito Marquinhos Trad, que anunciou a participação de 198 equipes das unidades básicas de saúde (UBS) e de saúde da família (UBSF), aproximadamente 3.280 profissionais, entre agentes comunitários de saúde e de combate a endemias, enfermeiros, técnicos de enfermagem e médicos, estarão mobilizados nas ações simultâneas de combate ao mosquito.

Em janeiro deste ano, foram notificados 2338 casos de dengue, 45 de zika e 40 de chikungunya. Em janeiro do ano passado (2018), foram notificados 374 casos de dengue, 27 de chikungunya e 22 de zika.

Para o prefeito Marquinhos Trad é preciso que haja uma união de esforços e consciência por parte da população, uma vez que mais de 80% dos focos do mosquito ainda são encontrados dentro das casas.

Durante os dez dias os profissionais devem atuar em conjunto nas sete regiões urbanas de campo grande fazendo a vistoria de imóveis, terrenos baldios e orientação dos moradores, realizando a chamada busca ativa com o objetivo de eliminar os criadouros do mosquito.

Gingana “Aedes - tolerância zero”

Paralelo ao lançamento da campanha “10 dias contra o Aedes” teve início a gincada “Aedes - tolerância zero” realizada por iniciativa dos servidores da Clínica da Família – Nova Lima com apoio do Conselho Local de Saúde e parceiros.

Cada família interessada em participar da gincana receberá cinco sacos de lixo que serão utilizados para fazer a coleta de materiais recicláveis e inservíveis que possam acumular água, entre eles plásticos, garrafas pet, copos descartáveis e etc.

Sorteio

No dia 21 de janeiro a família deverá levar o material recolhido à unidade para participar do sorteio de brindes.

Reportar Erro
Digix - Julho24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Vacinação acontece em três bairros neste sábado
Saúde
Vacinação acontece em três bairros neste sábado
Vacinação
Saúde
Fim de semana terá vacinação em shoppings e unidades de saúde na Capital
Atualização
Saúde
Mudanças: Anvisa atualiza informações sobre rotulagem nutricional
Importância da odontogeriatria será tema do Saúde e Bem-Estar
Saúde
Importância da odontogeriatria será tema do Saúde e Bem-Estar
Projeto - HMCG
Saúde
Ação Popular põe em xeque a construção de hospital municipal em Campo Grande
Mosquitos Aedes aegypti
Saúde
Dengue em MS: depois de duas semanas, Estado registra duas mortes pela doença
Teste para hepatite C
Saúde
Primeiro autoteste para hepatite C é pré-qualificado pela OMS
Pão de forma
Saúde
Pesquisa encontra álcool em pão de forma e quantidade daria flagrante no bafômetro
Farmácia popular, do governo federal
Saúde
Parkinson, colesterol alto, rinite: Farmácia Popular tem novos remédios gratuitos
Teste de Covid-19
Saúde
Covid-19 em MS: Estado registra 36 novos casos, mas segue sem mortes pela doença

Mais Lidas

Tempo amanheceu nublado e característico de frio
Clima
Nova frente fria desembarca em MS trazendo ainda mais instabilidade
Maria Eloir Flores Vilante -
Interior
Cargo fantasma rende condenação de vereadora em Mato Grosso do Sul
O fim de uma era: Primeiras notas de real vão parar de circular
Geral
O fim de uma era: Primeiras notas de real vão parar de circular
E o frio persiste em Mato Grosso do Sul
Clima
Frente fria ganha 'sobrevida' e impõe mínima de 8°C nesta sexta-feira em MS